LEI ROUANET E A MODA PLUS SIZE

Fashion-Weekend-Plus-Size-V15-Vislumbre-600A moda faz parte da cultura de um povo. Segundo Edward Burnett Tylor, “a cultura é o complexo que inclui conhecimento, crenças, arte, leis, costumes e outras aptidões adquiridos pelo homem como membro de uma sociedade. ” 

Portanto, moda é sim cultura. Em 2013 houve uma grande polêmica envolvendo Pedro Lourenço, Alexandre Herchcovitch e Ronaldo Fraga tiveram projetos aprovados, mais de milhões e então essa foi mais uma das discussões que vieram em torno do que Lei Rouanet patrocina ou melhor, aprova uma verba onde o proponente ainda deverá ir ao mercado buscar quem o patrocine, beneficiado pela lei. 

Porém, a moda atual que dita regras inclusive de comportamento, está quase toda voltada para as pessoas magras ou mesmo magérrimas. Essa ditadura da beleza, onde o 44 já é “plus”, causa muitos problemas sociais e até culturais. Apesar de ser um resultado alarmante, claro pois envolve a saúde, temos 49% de pessoas no Brasil acima do peso.  E a obesidade em uma grande maioria relacionada diretamente com questões de obesidade e baixo estima.  

Foi pensando nisso que Renata Poskus,  uma gordinha saudável, ou apenas um mulherão (nome também de seu Blog) que está acima do peso, pensou ao criar o blog e o evento Fashion Wekeend Plus Size para mostrar que você pode estar acima do peso mas se vestir bem, melhorar a estima própria, fazer parte e ser um mulherão. 

E estimulado por esse novo olhar do Ministério da Cultura também para as variedades da cultura como a Moda, Renata vai apresentar um projeto na lei Rouanet e também no Proac de ICMS o seu evento Fashion Wekeend Plus Size. 

O evento caminha para sua 11ª  edição e conta com desfiles e rodada de negócios onde novos estilistas, confecções e designers encontram clientes em potencial. A novidade para os projetos é agregar também as artes e outras manifestações que falem ou envolvam o universo dos mulherões e assim conseguir minimizar os efeitos que a ditadura da moda criou hoje e que chega a ser crime ser gordinha.  Quadros, esculturas, música, livros e muita criação falando desse universo com foco nos mulherões.

Na arte podemos ver que este preconceito antes ou agora não é barreira para as mais belas obras. Abaixo alguns deles como: Botticelli, Eliana Kertsz, Botero, Janssens, Renoir e Adam Schultz

Mais informações: mariliadelima@gmail.com ou mulherao.wordpress.com