DICIONÁRIO PARA EMPREENDEDORES CRIATIVOS E ANTENADOS

INTELIGENCIA__PROJETOS_EVENTOS_2Bem, agora que você sabe que precisa pensar também em administração, gestão, marketing e finanças dentro do seu projeto, sua empresa, sua Ong e até o seu coletivo, vale saber quais são as palavras usadas hoje e o que cada uma delas quer dizer. Na Inteligência usada em Projetos e Eventos, conhecimento nunca será demais. Confira abaixo:

ACELERADORA ou INCUBADORA–  Empresa que funciona como um centro de estudos e consultoria para empreendimentos embrionários. São locais onde há, ou não, capital financeiro mas existe toda orientação e apoio de profissionais, universidades e outros para o desenvolvimento de novas empresas, startups e novos negócios. Aceleradora – é o nome atualmente usado para as incubadoras principalmente na área tecnológica.

BREAK-EVEN OU PONTO DE EQUILIBRIO DE UM PRODUTO OU SERVIÇO – é a quantidade mínima de produtos\serviço a ser vendido para cobrir os gastos mensais de uma empresa. Quanto tenho que vender para não ter prejuízo.

CANVAS MODEL – matriz de modelo de negócios criada por Alex Osterwalder e Yves Pigneur em 2010 para realizar o Business Model Generation (BMG) um método para avaliação ou criação de novos negócios.  Veja aqui a matéria sobre o tema.

CO-WORKING ou COWORKING – modelo de trabalho que baseia no compartilhamento de espaço. Exemplo um espaço que disponibiliza mesas, acesso a WiFi e linhas telefônicas para escritórios, pontos de trabalho, reuniões etc. Você pode pagar por hora, por dia, por mês ou rachar as despesas.  40% do mercado está em São Paulo. Os espaços são divididos por pessoas, geralmente, de uma mesma área de atuação.

CROWDFUNDING – Fundo monetário vindo de uma multidão. É uma forma de obter capital através de campanhas, online ou não, junto a pessoas e empresas interessadas no projeto apresentado. Atualmente existe muitas plataformas online que oferecem facilidades para a campanha. O Kicante é um dos principais.

CROWDSOURCING – trabalho de forma colaborativo onde as pessoas ou empresas ajudam em uma determinada ação para gerar conteúdo, solução de problemas, fluxo de informações etc para um único resultado. Pode haver ou não remuneração financeira. É executar um trabalho com a ajuda de terceiros.

COMPORTAMENTO – Atitude, forma de agir e de se comportar. Importante para realizar efetivamente seus projetos.

CUSTO DE MATERIAL – custo do material usado no produto. (Ingredientes de uma torta por exemplo ou os materiais como folder e cartazes na divulgação de um evento)

CUSTO FIXO – é a soma de todas as despesas mensais de um empreendimento que esteja funcionando mesmo que ela não tenha nenhuma venda. Mesmo que o custo tenha variação.

CUSTO VARIÁVEL – custo de materiais, insumos ou serviços que eventualmente sejam necessários. Por exemplo: a energia elétrica mensal de um espaço pode ser variável, mas está dentro dos custos fixos. Já a compra de uma lâmpada, que eventualmente queimou, está nos custos variáveis.

DESPESA – é tudo que se gasta em um determinando tempo. Mês, dia, semana, projeto.

DESIGN THINKING – é o pensamento do design onde a empatia é o principal ingrediente. São ideias pensadas em conjunto e de forma livre. O foco é realizar ações que tenham um real entendimento das necessidades das pessoas para o qual o projeto está sendo desenvolvido. O principal recurso para o desenvolvimento, que normalmente é feito em equipe, são os post-its.

EARLY STAGE – nome que se dá a empresas que estão em estágio inicial em suas atividades. Normalmente até 3 anos de existência.

ELEVATOR PITCH OU PICHT– supostamente surgido em Los Angeles para apresentar em até 30 segundos um roteiro para algum produtor em Hollywood. É usado no mundo empreendedor para “vender” a ideia do seu negócio abordando os principais pontos. A média aceita hoje para se ter um Pitch é de até 3 minutos.

EMPREENDEDOR – pessoa que deseja realizar, executar, deixar sua marca e fazer a diferença.

EMPREENDEDOR SOCIAL – o empreendedor que atua com negócios com fins lucrativos, mas com proposta social. Ocupam o chamado setor 2.5

EMPATIA – guarde essa palavra e desenvolva esse dom. É a forma de se colocar no lugar da outra pessoa para conseguir entender seus sentimentos, suas respostas, seus argumentos, sua visão de mundo.

ESCALABILIDADE – possibilidade de replicar um produto com facilidade e com a mesma qualidade. Na área da produção artesanal tem se falado muito sobre este tema: como entregar um produto artesanal com a mesma qualidade em cada produção.

FERRAMENTAS DE MARKETING – meios que a empresa usa para aproximar seus consumidores dos produtos ou serviços que ela oferece. A propaganda é uma ferramenta de marketing.

INVESTIMENTO – é todo dinheiro investido em um negócio, empreendimento, projeto (equipamentos, melhorias, serviços etc)

INVESTIDOR ANJO – são profissionais que atuam nos novos mercados tecnológicos. Eles destinam, normalmente, pequenas somas a novos projetos tecnológicos no risco de conseguir, ou não, fazer parte de uma grande inovação e com altos rendimentos.

LEAN STARTUP – Empresas, na área de tecnologia principalmente, que lançam protótipos de teste para determinados grupo de clientes e assim avaliar suas possibilidades. Chamam o protótipo de Produto mínimo viável (MVP).

MARKETING- Market em inglês é mercado. Marketing é o mercado em movimento. A forma de programar ações para agir perante o público, chamando atenção e movimentando as vendas.

MEI –  Micro Empreendedor Individual – um formato de empresa individual que pode ser aberta inclusiva online pelo empreendedor. O custo mensal é de apenas o valor do INSS individual. Porém, o faturamento mensal está restrito a pouco mais de 5 mil por mês na emissão de notas fiscais.

NETWORKING OU REDE DE CONTATOS E RELACIONAMENTOS- estabelecimento de contatos e relacionamentos. Muito mais do que uma “mala direta” estes contatos devem ser acionados com frequência definida, para ampliar as possibilidades de negócios.

PREÇO DE VENDA – quanto custa seu produto ou serviço no mercado.

PRÓ-LABORE – remuneração mensal que os donos retiram da empresa pelo serviço prestado à própria empresa.

PME – pequenas e médias empresas.

PIVOTAR –  dar novo rumo, nem sempre fugindo do objetivo final, em um negócio.

PERSONA – cliente típico\ publico alvo de um blog, negócio digital, site etc.

REMUNERAR – pagar salários, cachês, honorários.

PERSUASÃO – capacidade de convencimento do outro.

ROI – retorno sobre o investimento.  Porcentagem de ganho em relação ao dinheiro investido.

STAKEHOLDERS – todas as pessoas, de vários seguimentos, envolvidas com o seu negócio. Fornecedores, funcionários, clientes, prestadores de serviço, imprensa e outros. Todos os que serão de alguma forma impactados pelo projeto.

SPEED CAPITAL – “capital semente”, aquele usado para dar início a um negócio.

STORYTELLING – contar a sua história de superação, de empreendedorismo. E uma forma de comunicar com o público através de histórias pessoais, histórias relacionadas aos produto ou serviço, superação e cases de sucesso etc.

VALIDAÇÃO – validar uma ideia, uma empresa, um projeto, é colocar à prova do mercado e avaliar seus resultados de fato. A validação é feita geralmente em um grupo restrito ou escolhido para controlar os resultados de forma mais efetiva.

Gostou? Curta, comente, envie seus comentários e dicas. Mas principalmente compartilhe, CONHECIMENTO TEM QUE CIRCULAR. 😉

(Fontes de pesquisa: Livro Aprender e Empreender – SEBRAE \Fundação Roberto Marinho – HSM Management- Sites pela internet – Wikpédia)

ADMINISTRAÇÃO E MARKETING? SIM, MUITO IMPORTANTE

INTELIGENCIA__PROJETOS_EVENTOS_01Quem trabalha com a cultura, sustentabilidade, terceiro setor, projetos, ações sociais e outros, muitas vezes acha que não faz parte do mundo globalizado, do setor de negócios e do capitalismo mundial. Pensa que não é necessário ter conhecimento para utilizar ferramentas e conceitos de administração, contabilidade, gerenciamento, marketing etc. Este é um pensamento equivocado.

Qualquer empreendimento, ação, projeto ou atividade que tenha como uma das metas ganhar dinheiro por qualquer motivo, mesmo que não haja lucro, faz parte do mercado e precisa entender e saber sobre administração, sobre empreendedorismo. Guardada as devidas proporções e especificidades, é importante entender e olhar como funciona este mundo e assim conseguir ganhar mais vantagens, diminuir os erros e aumentar os resultados.

Vender um CD, livro, DVD, obra de arte ou qualquer outro material artístico, cultural ou social exige conhecimento desse mercado. Vender ingressos para shows, peças teatrais, eventos beneficentes, treinamentos direcionados ou qualquer atividade neste sentido nos faz utilizar das mais variadas ferramentas de marketing (mercado). Qualquer prestação de serviço, em qualquer uma destas áreas, onde em algum momento envolva dinheiro, materiais, pessoas, logística, fornecedores e outros itens, exigirá administração e conhecimento das técnicas.

Por isso, tanto o profissional autônomo da área, quanto a empresa ou associação, tem que ter a consciência de que é necessário criar planejamentos a curto, médio e longo prazo. É necessário entender de finanças e investimentos, é importante conhecer os principais conceitos de marketing. Conhecer profundamente o seu negócio, o setor e quais os dados já pesquisados. Utilizar destas pesquisas e dados, para melhorar a performance e alcançar resultados mais efetivos.

Para ampliar o conhecimento, entender os conceitos, aprender mais sobre as ferramentas e o próprio mercado, há hoje muitos canais de informação e consultoria. O SEBRAE é um deles quando falamos de pequenos empreendimentos. Mas há sites, revistas, livros e eventos pagos ou gratuitos, online ou presencial, onde o conhecimento pode ser adquirido.

Aqui no meu blog, nos meus cursos e em todas as redes sociais onde produzo conteúdo falo sobre isso. INTELIGÊNCIA EM PROJETOS E EVENTOS. A inteligência em trabalhar neste mercado que a cada dia se profissionaliza mais. Pense nisso. Amplie seus conceitos. Abra sua mente. Saia da “Caixinha”. Pense holisticamente. Nossa possibilidade é gigante, temos muito mercado a conquistar. Com mais técnica e conhecimento podemos mudar e melhorar tudo o que quisermos, até o mundo. Mas lembre-se, trabalhar dá trabalho.

Gostou? Curta, comente, envie seus comentários e dicas. Mas principalmente compartilhe, CONHECIMENTO TEM QUE CIRCULAR. 😉

INTELIGÊNCIA NA ELABORAÇÃO E GESTÃO EM PROJETOS – CURSO PRESENCIAL EM JANEIRO DE 2016

Você que queria muito meu curso presencial olha ele aí. Dias 16 e 17 de janeiro, em São Paulo nós poderemos nos encontrar e falar sobre a INTELIGÊNCIA NA ELABORAÇÃO E GESTÃO DE PROJETOS. Essa é minha primeira agenda para o ano de 2016 e quero te ver por lá.

12187673_10154386991478712_7530135820567049477_nFalaremos sobre:

  • Escolher a ideia,
  • Construir o esboço,
  • Utilizar o MÉTODO**
  • Escrever o projeto
  • Leis de incentivo e editais
  • Plano de Mídia
  • Captação de recursos
  • Execução/ Gestão
  • Finalização
  • Prestação de contas
  • Extras

Um curso imperdível para quem quer realmente aprender a fazer projetos reais, factíveis, criativos e inteligentes. Um curso para quem não quer só escrever e aprovar projetos mas que quer executar, captar e realizar o que está proposto.

No curso, além de me basear pelas técnicas do PMI (Um instituto que pesquisa e define parâmetros para o gerenciamento de projetos), utilizo também o modelo de construção do Canvas que é aquele famoso construtor de idéias que trabalha como os post-its.

Agora o mais legal que tenho pra te oferecer é o meu MODELO exclusivo de construção de projetos onde você realmente fixa o conteúdo e aprende na prática como fazer.

Para todos os que se inscreverem tenho 04 bônus:

  1. *Kit de planilhas e modelos para construir seus projetos.
  2. *Agenda de editais para 2016
  3. *E-Book – Divulgando projetos e eventos nas redes sociais.
  4. *Vídeo exclusivo: “Crowndfunding

E ainda um quinto bônus SURPRESA mas muito útil para o produtor cultural e de eventos.

TÓPICOS:

O que é um projeto – DA IDÉIA À EXECUÇÃO – Pesquisa de mercado – ESCOLHENDO O PROJETO – Justificativa – OBJETIVOS – Etapas de um projeto – GESTÃO DE PESSOAS – Gestão de materiais – LOGÍSTICA –  Gestão de riscos – GESTÃO DE RECURSOS FINANCEIROS –  Estrutura de trabalho – PLANILHAS – Indicadores de desempenho – PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO – Plano de Mídia – CAPTAÇÃO E MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS – Contratações – LEIS E LICENÇAS – No papel – ADEQUAÇÃO À LEIS DE INCENTIVO, EDITAIS, EMENDAS E OUTROS – Execução e gestão – AVALIAÇÃO – Diversos.

Então se você é da área de projetos, eventos, cultura, entidades sociais, comunicação, marketing, produção, artes etc se inscreva agora para receber as informações completas desse curso:  faça aqui sua inscrição. Para todos os que se inscreverem até o dia 15 de dezembro o desconto será de 20% do valor total. Acompanhe as informações.

Compartilhe com seus amigos. 😉

CULTURA, CONSUMO E AÇÕES COLABORATIVAS – UMA IDÉIA QUE VAI MUDAR O MUNDO

@REDEDEPRODUÇÃOQuinta é dia de falar e trocar idéias sobre a nossa REDE COLABORATIVA DE PRODUÇÃO. E hoje, vamos falar sobre a cultura da colaboração, do compartilhamento. Este “setor” ou “seguimento” da economia já tem uma taxa de crescimento anual em torno de 25%, segundo a MIT Sloan*. Eles dizem que podem chegar a movimentar US$ 110 bilhões anuais nos próximos anos. A revista TIME  disse que o os mercados colaborativos são “uma das 10 idéias que vão mudar o mundo.”

Com uma cultura, posicionamento e ações colaborativas, você pode doar, emprestar, partilhar, colaborar, trocar, alugar etc. Tudo sem a necessidade de acumular. Encurtando caminhos, economizando, tornando a vida mais sustentável, viabilizando boas idéias.

@criativo2Modernidades como Crowdfunding (financiamento coletivo), coworking (compartilhamento de espaço de trabalho), crowdsourcing (produção que utiliza conhecimento coletivo), carpooling (carona solidária), carsharing (aluguel de carros por algumas horas), a troca de serviços ou produtos e tantos outros, são ações dentro desse novo mundo da economia, a CULTURA E O PENSAMENTO COLABORATIVO. E o colaborativo se faz com pessoas engajadas em tornar o mundo um lugar melhor.

Hoje já é possível usar uma rede Wi-fi gratuita, com mais de 8 milhões de pontos em todo o mundo, a partir da liberação de sua própria rede de internet no Fon.com. É  possível alugar uma bicicleta ou usar gratuitamente em todo o mundo, onde já existe mais de 500 mil bicicletas compartilhadas. Trocar livros que já leu por outros que ainda não leu. Serviços como o Spotfy.com já são realidade e já tem muitos “concorrentes”. Serviços como o Impact Hub em São Paulo vão além do compartilhamento de espaço e oferecem serviços colaborativos onde se paga muito menos por muito mais.

Esse pensamento tem muito do cooperativismo, movimento iniciado em 1844, pelos pioneiros de Rochdale na Inglaterra. A Sociedade Equitativa dos Pioneiros de Rochdale  foi uma cooperativa de consumo. Esta foi a base para a construção do movimento cooperativo que hoje, com mais de 150 anos, está em todo o mundo e emprega e beneficia mais de 8 bilhões de pessoas.

Até mesmo os mercados mais formais, as empresas varejistas estão começando a estudar como o consumo colaborativo, como esse novo pensamento pode ser aproveitado para suas ações.

Rachel Botsman,  pesquisadora e consultora que fala sobre o poder da colaboração e compartilhamento através de tecnologias de rede e como ele vai transformar o negócio, o consumo e o mundo em que vivemos – escreveu o livro “O que é meu é seu” ou “The Rise of Consumo Colaborativo”.  Desde 2012 já temos a publicação em português e aconselho a leitura.

Rachel, a Time, as principais universidades e pesquisadores do assunto concordam com uma premissa: A regra básica para estas ações é a reputação dos pares. Mas sobre reputação, confiança e brasileiros vamos falar na próxima semana.

E é assim que estamos caminhando nos pensamentos e definições da nossa REDE COLABORATIVA DE PRODUÇÃO. Em outubro estaremos juntos em um evento muito bacana. Venha ser parte dessa criação. Informações: limaprojetoseventos@gmail.com

Gostou? Curta e comente. E principalmente compartilhe. Conhecimento tem que circular.

* A MIT Sloan School of Management é uma das cinco faculdades do Massachusetts Institute of Technology, localizado em Cambridge, no estado norte-americano de Massachussets.

O QUE PROJETOS CULTURAIS TEM A VER COM UMA RECEITA DE BOLO???

@PROJETOSEstamos numa época em que se fala tanto de culinária e temos tantas receitas  programas de TV, publicações, canais no youtube e mais sobre o assunto.

Escrever projetos É COMO CRIAR UMA RECEITA DE BOLO. Há muito tempo falo para meus alunos que escrever um projeto é como criar uma receita qualquer, como uma receita de bolo por exemplo. Tem que ter começo, meio e fim. Tem que ter ingredientes e modo de fazer. É um passo a passo para executar o projeto, do bolo. E em projetos culturais, sociais e outros o conceito é o mesmo.

O que é a receita = do que se trata o projeto, porque quis fazê-lo, porque ele é importante, o que pretende com ele.

Ingredientes: quais os recursos humanos, quais os recursos materiais, qual estrutura, qual logístia seu projeto irá precisar. No caso dos nosso projetos, cada um deles com seu orçamento especificado.

Mise en place: Etapa inicial para o preparo de qualquer prato, na qual separam-se todos os utensílios e ingredientes necessários para executá-lo. Antes de iniciar a execução de um projeto temos que ler, levantar as informações necessária, contratar as pessoas, locais etc. Marilia_e_Roberto-820

Modo de fazer: A receita x ingredientes x  tempo = cronogramas de execução variados.

Como servir: decoração, divulgação, custos para o público, distribuição etc.

A brincadeira e a alusão à receitas é para também mostrar que não é nenhum bicho de sete cabeças escrever e executar um projeto.

Gostou? Curta e comente. Siga nosso blog. E principalmente compartilhe se achar que pode ser útil para seus amigos e colegas. Informação tem que circular.

CROWDFUNDING UMA BOA IDÉIA QUE NÃO É NOVA, SHAKESPEARE JÁ FAZIA ISSO

@IDEIASComo já disse todo domingo vamos falar de idéias. No post passado falei como podemos potencializar o nosso cérebro e assim ter mais idéias. Agora vou falar pra vocês sobre idéias que acontecem em variados lugares do mundo, e muito no Brasil, claro. Há o ditado de que “nada se cria, tudo se copia”. Então observem o mundo e vejam se tem algo que você possa copiar e recriar. Mas também veja se pensa em algo realmente bom e inédito. Caso isso aconteça, execute e depois venha contar aqui pra gente.

CROWDFUNDING É UMA BOA IDÉIA, MAS FOI RECRIADA

@criativo2

IMAGEM montada PUBLICADA NA REVISTA http://www.fastcompany.com – na matéria THE APP’S THE THING: SHAKESPEARE, REBOOTED – por BY DAVID ZAX (direitos reservados)

Crowdfunding, com suas ferramentas on line, é uma modernidade que surgiu a pouco no mundo. Mais recentemente no Brasil.  Crowd – multidão e Funding – financiamento é uma forma de fazer com que os interessados no nosso produto ou serviço possam adiantar o dinheiro para esta produção e só depois receber o mesmo.

Porém, a ferramenta on line é novidade, mas o sistema não. Shakespeare provavelmente é o precursor de financiamentos coletivos. Sem dinheiro para todas as produções de um teatro onde era um tipo de sócio, ele arrecadava dos apoiadores verbas antecipadas para produção de peças. Estes apoiadores teriam depois lugar cativo e VIP para as apresentações.

@33Em São Paulo, João Bá, músico e compositor brejeiro da Música Brasileira, também já fazia seu crowdfunding nas baladas e circuitos alternativos da capital. Criava cartõezinhos com um “vale Disco” e era assim que pagava a produção de seus álbuns. Quando finalizava ia entregando em shows ou pontos de vendas para os que compraram.

@11@22Por todo o mundo, e mesmo vocês, devem ter histórias como estas. Mas hoje, as plataformas são modelos de negócios da Economia Criativa. E são lucrativos. A idéia já estava circulando e sendo praticada. Alguém veio e criou um projeto maior com base na idéia inicial.

Então pense…. o que será que tem por aí, acontecendo, e que você poderia reinventar e melhorar?

Gostou do post? Curta e comente. Compartilhe sempre para circular as idéias. Aproveite o domingo.

“REDE COLABORATIVA DE PRODUÇÃO” – A NOVIDADE QUE VAI LIGAR OS PONTOS DA PRODUÇÃO CULTURAL NO BRASIL

@O Brasil é um país com proporções gigantescas e as dificuldades, quando o objetivo é trabalhar com distribuição de algum produto ou serviço em todas as regiões, são também gigantes. Imagine então o quanto é difícil para os profissionais da área da cultura conseguir este feito.

Até mesmo as grandes produções encontram dificuldades. E para completar, ainda temos o “custo Brasil” que assusta o bolso do empreendedor.

Acontece que o artista, o oficineiro, o fazedor de cultura quer levar sua arte, seu recado para todo canto.  Tem um CD e quer lançar, tem um livro e quer mostrar, tem espetáculos artísticos e quer se apresentar tem seus cursos e quer ensinar. E quer fazer tudo isso em todo o Brasil, nas principais capitais, em todas as regiões.

É praticamente impossível, um único produtor cultural, dominar todo conhecimento e ter tanta informação perecível, que necessita de atualização constante, sobre locais, contatos, serviços e outros itens do check list de uma produção.

Entendendo essa dificuldade é que surgiu a ideia de “ligar os pontos” desses contatos e informações de alguma forma.

O TOQUE

Tudo começou com o Jornal O Toque, publicação que circulou impressa e também on line entre 2002 a 2004  (faremos uma matéria sobre o Jornal O Toque, a equipe de criadores etc.). No site do jornal seria colocado informações importantes como produtores, locais, gráficas, jornais, rádios etc. de todo o Brasil. Era um banco de dados onde a pessoa poderia entrar e alimentar esta informação. Depois todos poderiam pesquisar e ver o resultado para cada item que precisasse. O jornal deu certo. Mas o sistema de informações de produção nunca deu certo, pois, ninguém alimentava. Não queriam partilhar informação. E após anos de pesquisa, tentativas e adaptação e experimentações da ideia, surge um projeto, já em andamento, que chama REDE COLABORATIVA DE PRODUÇÃO.

Janaina Leite e eu - o café de Istabul, que não é coado

Marília de Lima e Janaina Leite – sócias na Lima Projetos e Eventos.

Este projeto da RedeCP, é produzido e coordenado por Janaina Leite e Marília de Lima, sócias na Lima Projetos e Eventos. O projeto é criar uma ferramenta facilitadora do trabalho do produtor cultural e de eventos na área cultural. O trabalho será realizado no formato crowdsourcing onde todos ajudarão a construir as etapas e o conteúdo. O formato de “rede” fará o sistema de manutenção das informações acontecer de forma diferente, hibrida, pró ativa e que vai gerar inúmeros benefícios para os participantes.

A intenção é fortalecer a rede em todo o Brasil. Construir parcerias para informações rápidas e confiáveis sobre todas as etapas de uma produção. Organizar e partilhar informações confiáveis possam ser obtidas rápida e continuamente sobre: editais, leis, locais para eventos, gráficas, serviços variados, hotéis, transporte, profissionais, contatos com o governo, jornalistas, rádios e imprensa em geral etc.

Mas o principal objetivo é criar circuitos de cultura onde os produtores trabalhem em conjunto para viabilizar tournés nas mais variadas regiões do Brasil. Eventos como lançamentos de CDs, espetáculos de teatro, exposições,lançamento de livros, cursos e palestras etc. Diminuindo custos, aumentando a visibilidade e distribuição, gerando trabalho para os profissionais locais e fomentando o mercado cultural em todo o país.

Haverá a construção de conexões que beneficiarão a todos os participante a partir de um evento anual onde os produtores, managers e artistas possam levar seu trabalho, suas propostas e negociar as apresentações durante o próximo ano. Será como uma grande feira para gerar oportunidades e negócios para toda a cadeia produtiva da cultura.

O projeto está ainda sendo elaborado E VOCÊ PODE PARTICIPAR DESTA CONSTRUÇÃO.  Em outubro de 2015 acontecerá em São Paulo o 1° Encontro da REDE COLABORATIVA DE PRODUÇÃO. O evento será presencial e online para que o maior número possível de profissionais da cultura, em todo o país, possam participar.

Este projeto já conta com apoio de diversos profissionais e entidades.  Mande agora sua opinião, sugestão e intenção de participar ou de ser nosso parceiro. O email limaprojetoseventos@gmail.com – aos cuidados de Janaina LeiteMarília de Lima.

Na próxima edição falaremos um pouco mais do andamento desse projeto.

Gostou? Curta e comente. Aproveite e compartilhe para construirmos de verdade uma REDE COLABORATIVA DE PRODUÇÃO.

 

APROVEITE SEU BOM HUMOR DE SEXTA E PROGRAME A PRÓXIMA SEMANA

@AGENDASEMANALSexta-feira para muitas pessoas é o dia mais feliz da semana de trabalho, pois o final de semana também chegou junto. E é aproveitando esse bom humor que vou apresentar pra vocês, toda sexta uma série de dicas de eventos, editais que estão abertos, palestras, cursos e outras atividades que pode ser interessante você participar na próxima semana. Assim faz a sua programação.  Seu dia passa mais rápido e começa sua segunda-feira com muita coisa interessante agendada e muitas idéias na cabeça.

Semana de 02 a 12 de maio

Meninas e meninos vou começar com um edital que termina no dia 04, então, se você for artista em Manaus ou região e quiser participar segunda é o último dia. Mas, pode ser que façam uma prorrogação. Às vezes, por sorte, isso acontece. Também vale lembrar que cito a cidade ou estado porque a maioria dos editais exige comprovação de que more na cidade ou estado do edital e comprovem não só experiência na área, mas que tenha mais de dois anos comprovados de que reside por lá.

MANAUS/ AM – Edital de Conexões Culturais da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), a Prefeitura de Manaus – R$ 560 mil – propostas de residências e intercâmbios artísticos e também projetos para formação de artistas em Manaus, que incluem a realização de eventos de caráter educativo, pedagógico e de pesquisa das artes cênicas. Ao todo serão 19 propostas contempladas com prêmios que variam de R$ 10 mil a R$ 60 mil. As inscrições vão até segunda-feira, 4 de maio, às 17h.

AMAZONAS – A economia criativa é mesmo a bola da vez. O governo do Amazonas, seguindo o exemplo de Santa Catarina, via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), lança a primeira edição do programa Sinapse da Inovação. Os interessados devem inscrever os projetos até 11 de junho pelo site www.am.sinapsedainovacao.com.br. Pelo edital, os selecionados receberão capacitações durante seis meses para desenvolver a empresa ou produto inovador.

CURITIBA/ PR – Vou começar com o edital de cultura de Curitiba. Olha que legal a novidade deles: agora no edital também tem games. É a economia criativa tomando conta do seu pedaço – O edital está disponível no site da http://www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/  – mais dúvidas através do e-mail paicatendimento@fcc.curitiba.pr.gov.br – As inscrições para o programa no Mecenato 2015 já estão abertas e serão aceitas até o dia 18 de maio.

PORTO VELHO/RO –edital para a produção de seis curtas-metragens- Será disponibilizado R$ 300 mil para a produção. Com o apoio da Ancine a Fundação Municipal de Cultura (Funcultural), segundo a prefeitura de Porto Velho será lançado até o final de maio. Estaremos de olho.

DOURADOS/ MSEdital disponibiliza R$ 195 mil para investimento em projetos artísticos e culturais – Projetos nas áreas de Artes Cênicas, Artes Visuais, Áudio Visual, Artesanato, Folclore e Manifestações Culturais, Literatura e Música. Critérios: Excelência artística do projeto, Qualificação dos profissionais envolvidos, Viabilidade prática do projeto, Planejamento do projeto através do cronograma proposto, Estratégia de comunicação, divulgação e formação de público, Conformidade com os objetivos do edital e Análise da relevância cultural do projeto proposto. Os projetos deverão oferecer contrapartidas sociais. – Inscrições 2015 até dia 25 de maio. Os formulários-padrão para inscrição podem ser obtidos pelo email cultura@dourados.ms.gov.br, pelo site da prefeitura www.dourados.ms.gov.br

AMPARO/ SP – até o dia 08 de maio pessoas físicas e jurídicas podem apresentar projetos para o Programa de Amparo a Cultura, da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Cultura de Amparo – SMELC. Podem participar projetos que contemplem produções culturais das diferentes manifestações artísticas, no âmbito do município; Será destinado 38.000,00 a ser dividido entre os projetos contemplados (mínimo de três projetos). Deverá haver uma contrapartida de mínimo de 20 horas de oficina com participação de no mínimo 20 pessoas. O edital pode ser visto no site: www.amparo.sp.gov.br.

ITU/ SP E REGIÃO – Até 17 de maio, o SESI Itu recebe inscrições para o Edital Local de Chamamento 2015 – Projetos Culturais. Serão selecionadas propostas nas áreas de Música e Artes Cênicas (teatro, teatro-dança, dança circo-teatro, performances e teatro de bonecos e formas animadas). Os trabalhos selecionados integrarão a programação cultural 2015 do SESI Itu. O edital completo e a ficha de inscrição estão disponíveis em http://www.sesisp.org.br/itu.

POÇOS DE CALDAS / MG – Até 30 de junho data da chegada do material na secretaria do evento você pode mandar seu filme para o Festcine Poços de Caldas. O evento acontece no mês de julho.  Veja o edital e contato no: http://www.festcinepocosdecaldas.com.br

RIO DE JANEIRO/ RJ – Até dia 29 de maio os trabalhadores da Cultura da cidade do Rio de Janeiro poderão participar do Edital Viva a Arte. Mais informações no http://www.rio.rj.gov.br/web/smc/exibeconteudo?id=5292989

BELO HORIZONTE / MG – Estão abertas as inscrições para o 17º FESTCURTASBH (Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte) inscrições até 5 de junho. As inscrições podem ser feitas através do site www.shortfilmdepot.com

GOIANIA / GO – Festival Audiovisual Vera Cruz, o FAVERA, com foco em curtas-metragens produzidos nas periferias, vai além da produção Goiana. Inscrições abertas até 9 de maio. As exibições ocorrem entre os dias 24 e 27 de maio, em Goiânia. Regulamento – http://enoiskitaproducoes.wix.com/favera2015#!films/cwzt

BRASIL – REGULAMENTO 2015 – ROSÁRIO EM CENA FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO aberto a todos os grupos de teatro do Brasil e países vizinhos. Inscrições até 20 de julho. Contatos Rosário do Sul – RS CEP 97590-000 Rua 9 de Abril nº 527 – Bairro João Nunes da Silva – E-mail: pauloevandro.pereiradacosta@gmail.com FACE – FESTIVAL DE TEATRO ROSÁRIO EM CENA Blog – rosarioemcena.blogspot.com

BRASIL – 72ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza, na Itália – Inscrições até 19 de junho – Veja o regulamento no http://www.labiennale.org/en/cinema/regulations/

BRASIL – Estão abertas, até o dia 15 de maio, as inscrições do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade – 28ª Edição 2015 para ações de preservação do patrimônio cultural brasileiro. Acesse o regulamento no link http://www.iphan.gov.br/baixaFcdAnexo.do?id=4996

 AMÉRICA LATINA – Até 31 de agosto você pode apresentar propostas para os editais do www.ibermusicas.org. (se não souber espanhol use o tradutor do navegador)

AMERICA LATINA – até 08 de maio os designers de plantão podem enviar proposta para criar a identidade visual do Ibercultura Viva. Saiba mais no http://www.oei.org.br/pdf/licitacoes/2015/edital_contratacao_direta_n_001-2015_oei_iberculturaViva.pdf

Bem, estes são os editais que chegaram por aqui. Se tiver mais algum eu publico durante a semana na Fanpage do Facebook e/ou divulgo no Twitter tá?

CURSOS, PALESTRAS E EVENTOS QUE TALVEZ TE INTERESSE

**A Funarte tem sempre uma programação interessante. Muita coisa gratuita ou ingressos bem populares. Na semana que vem sei que tem um espetáculo de teatro “Quizumba”, em São Paulo, que está bem cotado e foi vencedor do fomento de teatro de SP. Também tem programação de artes plásticas com oficinas gratuitas. Veja mais no WWW.funarte.gov.br

**Bem, nem preciso falar que as programações do SESC são sempre boas e que em sua maioria é gratuita ou com um preço bem acessível. Vai lá e veja mais no WWW.sesc.org.br

@@** E por falar em SESC –  imperdível também está os shows da Rita Benneditto do novo CD novo e fazendo shows por todo o Brasil. Esta semana 7 e 8 no Sesc Vila Mariana em SP e no fim do mês lá na terra dela, no Maranhão.

**Uma programação boa em São Paulo e que a qualquer momento pode ser um bom programa são as dezenas de galerias de arte da Vila Madalena. São galerias descoladas, com novos artistas, propostas bem interessantes lembrando muito as galerias em Nova York. Além de passear pelas galerias sempre tem um bom restaurante ou mesmo lugar gostoso para fazer uma boquinha.

**Olha aí mais da Economia Criativa: As ETECs (Escolas Técnicas Estaduais) em São Paulo terão em breve aulas de moda, on line, com o auxilio do SPFW.

**Dia 23 de maio no Parque do Ibirapuera, também em SP, terá o show em comemoração aos 70 anos da Elis. João Bosco, Fagner, Renato Teixeira, Jair Oliveira, Gilberto Gil e Ivan Lins estarão por lá. Evento será concorrido. Ponha já na agenda.

** para os fotógrafos de plantão acontece em São Paulo De 28 a 30 de maio, o Museu da Imagem e do Som – MIS SP recebe a quarta edição do Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia, produzido pelo Estúdio Madalena junto à Secretaria da Cultura de SP. Serão três dias de workshops, seminários e apresentações de trabalhos teóricos sobre fotografia selecionados através de uma convocatória aberta ao público. O tema deste ano é: Editar, montar, compor: a coexistência das imagens.
http://estudiomadalena.com.br/encontro/a-coexistencia-das-imagens

**Uma ótima opção para quinta dia 07 de maio é o ZIL – grupo formado por Zé Renato, Claudio Nucci, Ricardo Silveira, João Baptista, Zé Nogueira, Marcos Ariel e Jurim Moreira. A apresentação acontece a partir das 20 horas no Miranda, na Borges de Medeiros, 1424.

@criativo4** A partir do dia 09 de maio, em SP, Rita Balduino apresenta sua Exposição “Sombrio Universo da Luz”. A exposição acontece no espaço cultural da Papel de Gente, na Rua Fabrício Vampré, 259 bem pertinho do metrô Ana Rosa.

** A Universidade Candido Mendes no Rio de Janeiro está lançando uma pós graduação latu sensu de Produção Cultural. Já é agora em maio. Os interessados podem fazer contato no 21-3543-6489 – pecs@candidomendes.edu.br

Hoje é o dia internacional do trabalho. Feriado. Aproveitem o dia. E vamos nos unir para voltarmos a acreditar no trabalhador que pode mudar o mundo O PROFESSOR.

@criativo3

Por hoje é só, mas se tiver uma novidade conto depois. Se você tiver informação que acha interessante, agenda, dicas, sugestões manda pra mim no mariliadelima@gmail.com

FOTOS: Palestra Leis de Incentivo à Cultura e Esporte – CVSP e ABCR

Ganhei um presente do super fotógrafo Ricardo Beccari, as fotos da palestra: “Leis de incentivo à Cultura e Esporte” que fiz na sede do CVSP – Centro do Voluntariado São Paulo para a ABCR – Associação Brasileira de Captação de Recursos. Adorei. Obrigado Ricardo.

Quem quiser contatar e conhecer mais do trabalho dele é só fazer contato ou acessar o site:

http://www.beccariphoto.com.br

beccari@beccariphoto.com.br

Seguem as fotos.