RESULTADO DA SELEÇÃO DOS EDITAIS DA CAIXA ECONOMICA

Caixa-CulturalA Caixa Econômica Federal divulgou nesta terça-feira (12) o resultado da seleção dos projetos culturais a serem realizados em 2016. O edital contempla a ocupação dos espaços da CAIXA Cultural e apoio a festivais de teatro e dança.

Os projetos selecionados vão compor a programação das unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, no período compreendido entre os meses de março de 2016 e fevereiro de 2017, podendo ser estendido até fevereiro de 2018, em caso de projetos itinerantes (aqueles realizados em mais de uma Unidade). O valor máximo de patrocínio, por cidade é de R$ 300 mil.

Cada proponente apresentou até dez projetos, podendo cada um ser realizado em uma ou mais cidades com CAIXA Cultural. Foram aceitos projetos de artes visuais (fotografia, escultura, pintura, gravura, desenho, instalação, videoinstalação, intervenção e novas tecnologias ou performances); teatro (contemporâneo, físico, circo-teatro, performance de palco); dança (contemporânea, clássica, dança-teatro); vivências (cursos, seminários, apresentações); música e cinema.

Dos 3.969 projetos inscritos foram selecionados 276, que se desdobrarão em torno de 550 eventos.O Programa CAIXA de Apoio a Festivais de Teatro e Dança selecionou projetos em todo o território nacional, a serem realizados no período de janeiro a dezembro de 2016. O valor máximo concedido será de R$ 200 mil. Foram considerados somente os festivais que contemplem no mínimo cinco companhias ou grupos de teatro/dança participantes, e que tenham pelo menos dez espetáculos distintos, além de palestras, oficinas e cursos.

Foram inscritos 397 festivais e selecionados 27 (11 de dança e 16 de teatro), que se desdobrarão em torno de 1.050 eventos.O resultado das seleções está disponível na Agência CAIXA de Notícias no endereço www20.caixa.gov.br/Paginas/Apresentacoes  e também em www.programasculturaiscaixa.com.br.

Fonte: Agência Caixa de Notícias

Gostou? Curta e compartilhe. INformação tem que circular.

INTELIGÊNCIA NA ELABORAÇÃO E GESTÃO EM PROJETOS – CURSO PRESENCIAL EM JANEIRO DE 2016

Você que queria muito meu curso presencial olha ele aí. Dias 16 e 17 de janeiro, em São Paulo nós poderemos nos encontrar e falar sobre a INTELIGÊNCIA NA ELABORAÇÃO E GESTÃO DE PROJETOS. Essa é minha primeira agenda para o ano de 2016 e quero te ver por lá.

12187673_10154386991478712_7530135820567049477_nFalaremos sobre:

  • Escolher a ideia,
  • Construir o esboço,
  • Utilizar o MÉTODO**
  • Escrever o projeto
  • Leis de incentivo e editais
  • Plano de Mídia
  • Captação de recursos
  • Execução/ Gestão
  • Finalização
  • Prestação de contas
  • Extras

Um curso imperdível para quem quer realmente aprender a fazer projetos reais, factíveis, criativos e inteligentes. Um curso para quem não quer só escrever e aprovar projetos mas que quer executar, captar e realizar o que está proposto.

No curso, além de me basear pelas técnicas do PMI (Um instituto que pesquisa e define parâmetros para o gerenciamento de projetos), utilizo também o modelo de construção do Canvas que é aquele famoso construtor de idéias que trabalha como os post-its.

Agora o mais legal que tenho pra te oferecer é o meu MODELO exclusivo de construção de projetos onde você realmente fixa o conteúdo e aprende na prática como fazer.

Para todos os que se inscreverem tenho 04 bônus:

  1. *Kit de planilhas e modelos para construir seus projetos.
  2. *Agenda de editais para 2016
  3. *E-Book – Divulgando projetos e eventos nas redes sociais.
  4. *Vídeo exclusivo: “Crowndfunding

E ainda um quinto bônus SURPRESA mas muito útil para o produtor cultural e de eventos.

TÓPICOS:

O que é um projeto – DA IDÉIA À EXECUÇÃO – Pesquisa de mercado – ESCOLHENDO O PROJETO – Justificativa – OBJETIVOS – Etapas de um projeto – GESTÃO DE PESSOAS – Gestão de materiais – LOGÍSTICA –  Gestão de riscos – GESTÃO DE RECURSOS FINANCEIROS –  Estrutura de trabalho – PLANILHAS – Indicadores de desempenho – PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO – Plano de Mídia – CAPTAÇÃO E MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS – Contratações – LEIS E LICENÇAS – No papel – ADEQUAÇÃO À LEIS DE INCENTIVO, EDITAIS, EMENDAS E OUTROS – Execução e gestão – AVALIAÇÃO – Diversos.

Então se você é da área de projetos, eventos, cultura, entidades sociais, comunicação, marketing, produção, artes etc se inscreva agora para receber as informações completas desse curso:  faça aqui sua inscrição. Para todos os que se inscreverem até o dia 15 de dezembro o desconto será de 20% do valor total. Acompanhe as informações.

Compartilhe com seus amigos. 😉

3 PONTOS PRINCIPAIS NA ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS

Meninas e Meninos,

IMG_8074Como prometido no Periscope segue algumas considerações sobre eventos. Abaixo identifiquei três pontos mais importantes que darão início e continuidade a toda projeção e organização.

🙂  –  01 – Toda organização de evento começa com a definição e avaliação do público alvo. É a partir dessa definição e análise que tudo será projetado. Material gráfico, local, formato, conteúdo, decoração, atrações culturais e recreativas, alimentação, cores etc.

🙂  – 02 – Siga os mesmos passos da elaboração do projeto para pensar no seu evento. Muita gente acha que para realizar um evento não há necessidade de escrever também um projeto, mas há sim. O projeto é o documento que dá o norte para a realização do mesmo. Recursos humanos, recursos materiais, logística, recursos financeiros, cronograma, stakeholders etc estarão descritos. Escreva o documento (projeto) do seu evento.

🙂 – 03 –  Pesquise cada ítem e tente criar o maior diferencial possível. Eventos existem aos milhares, idéias também. Coisas interessantes não estão faltando. Então você tem que pesquisar, pensar e encantar. E lembrar sempre que o “diabo” mora nos detalhes. É nessa hora que você pode encantar. Os mínimos detalhes, os “amenities”, a exclusividade.

E hoje são estas. Mas teremos muito mais para falar sobre eventos. QUERO TE ENVIAR SEMPRE INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE PROJETOS, EVENTOS E MUITO MAIS e isso eu só compartilho com quem é VIP. Para isso faça aqui sua inscrição para participar também.

Gostou? Comente, curta e compartilhe. Vamos fazer circular informação. Namastê

ENCONTRO ON LINE FALA SOBRE A CRIAÇÃO DA “REDE COLABORATIVA DE PRODUÇÃO CULTURAL”

Meninas e meninos,

@REDEDEPRODUÇÃOAmanhã, dia 11 de agosto, às 20 horas estaremos on line, via Hangout, para falar sobre o projeto  REDE COLABORATIVA DE PRODUÇÃO CULTURAL. É um projeto de Crowdsourcing* onde as pessoas se organizam e, juntas, criam soluções ou produtos para uma determinada necessidade. O nosso objetivo será facilitar a circulaçao de eventos e realização de projetos em todo o país.  Será o primeiro encontro da  Rede. A transmissão será através do link https://plus.google.com/events/cp4fsnbi278hb35utjr0hvk5pdo e para assistir e participar as pessoas tem que estar logadas no Google+. Poderão assistir também via Periscope no @eumariliadelima.  Posteriormente o vídeo será disponibilizado para os interessados.

Quem participar irá ajudar a definir os caminhos e ajudar a construir melhor: a idéia, possibilidade de formatos, como fazer. Quem participar e quiser continuar no projeto já se tornará um membro da equipe nesta construção conjunta.

Será apresentado a proposta do evento que acontecerá em dezembro, num encontro presencial com variados convidados e debates sobre o tema da PRODUÇÃO, PROJETOS E EVENTOS CULTURAIS NO BRASIL e paralelo acontecerá a primeira FEIRA DE NEGÓCIOS DE PRODUÇÃO CULTURAL.

Unindo produtores, artistas e fornecedores de todo o Brasil a rede pretende criar um canal para partilhar informações, troca de conhecimento, divulgação de projetos e eventos, contratações, orçamentos, parcerias e muito mais, em tempo real. O objetivo é tornar mais fácil a circulação por todas as regiões de atividades culturais como artes plásticas, artes cênicas, música, literatura, cursos, palestras, circulação de projetos e eventos etc.

Vamos criar uma rede funcional de pessoas que interajam umas as outras realizando negócios e parcerias imediatas. Uma rede que trabalhará para que cada um tenha uma mão dupla de possibilidades, de oferecer informação e de receber informação. Tudo no menor tempo possível de resposta e num formato onde todos sejam beneficiados. Informação de espaço de eventos, imprensa, prestadores de serviço, artistas, produtores, fornecedores, editais, leis de incentivo, projetos, programação cultural, festivais, hoteis, locações, gráficas etc.

VOCÊ PODE PARTICIPAR E AJUDAR A CONSTRUIR E REALIZAR ESSE PROJETO. Faça contato. mariliadelima@gmail.com

*Crowdsourcing é um modelo de criação e/ou produção, que conta com a mão-de-obra e conhecimento coletivos, para desenvolver soluções e criar produtos. 

Gostou? Curta e comente. Aproveite e compartilhe para seus amigos também. Conhecimento tem que circular.

FINAL DE SEMANA DE EVENTOS E AGITAÇÃO. MAS SERIA O MESMO COM CHUVA???

Meninas e Meninos,

1309263913550Hoje é um lindo dia de sol, um lindo domingo e praticamente o último dia das férias de muita gente por aí. E neste final de semana aconteceram milhares de eventos no Brasil e no mundo. Centenas em todo o Brasil com certo destaque. E dezenas muito bombados, com muita gente e repercusão.

Sabado a noite no Rio um evento do mundo da moda mobilizou centenas de pessoas do eixo Rio-SP mas também de outros lugares do país e do mundo. Hoje aconteceu uma meia maratona com muita gente participando. Variadas feiras de negócios estão sendo montadas por aí. Festas de aniversário, batizados, confraternização, excursões, palestras, cursos etc etc etc. Mas… e se chovesse???

Pois é, em uma dezena desses eventos que tenho acompanhado nas redes sociais foi tudo lindo. Eventos pra muita gente, cheios de detalhes na organização, produção impecável. Mas tudo daria o dobro do trabalho e muitos gastos extras ou diminuição de recursos caso o final de semana tivesse sido chuvoso.

Por isso, só como um pensamento, uma dica, uma provocação: Você quando planeja seus eventos planeja também o plano B, C e D? Tem saída ou cartas na manga no caso de chuva? Se tem feito isso, parabéns. Se não conta com isso, cuidado…. no tempo não mandamos e ele será sempre um parceiro, chova ou faça sol. Porque até o sol demais pode atrapalhar.

beijos e um ótimo fim de domingo, (ensolarado aqui em São Paulo).

SUA VISÃO DE MUNDO E DOS PROBLEMAS É MEDÍOCRE???

Se não quiser ler pode escutar no: https://soundcloud.com/mar-lia-de-lima/livre-2-mediocridade

IMG_8022-001Em primeiro lugar vou definir o que é “Medíocre” para que que não seja apedrejada: “Medíocre, levado ao significado mais próximo da raiz da palavra, significa mediano. Não é tido como um insulto, não designa o que está abaixo da média e, sim, aquilo que está exatamente na média, cujo resultado fica entre o bom e o mau; ou que fica entre o que é grande e o que é pequeno.” (fonte significadosbr.com.br)

Quando temos uma visão medíocre das coisas, do mundo, do nosso mercado de trabalho, temos uma visão mediana. Uma visão mediana é aquela que simplesmente colhe e acata discursos propagados aos quatro cantos sem uma crítica mais profunda ou avaliação dos fatos. Se quisermos resultados efetivos, em qualquer coisa, temos que fugir de olhares e opiniões medíocres. Temos que fugir das “verdades” impostas por certos grupos, pela mídia ou por pessoas com intenções obscuras que nem sempre sabemos. Temos sempre que olhar para todos os lados e de todos os ângulos. Temos que ser também, advogados do diabo.

Vamos falar por exemplo sobre das polêmicas da Lei Rouanet que é da nossa área. Uma das polêmicas foi a da Maria Bethânia. Ela aprovou R$ 1,3 milhão para criar blog “O Mundo Precisa de Poesia”. Vamos analisar os fatos: 1)- Maria Bethania teve a aprovação dos 1,3 milhão – para ser captados. Na época da polêmica não diziam isso, não diziam que era só uma aprovação e não uma captação. 2) – O projeto previa a publicação de 365 vídeos produzidos por Andrucha Waddington que é diretor e produtor de cinema e publicidade brasileiro. É um dos sócios da Conspiração Filmes que fez dezenas de filmes entre eles “Eu, Tu, Eles”.

O blog pretendia além de textos, intervenções etc postar diariamente, durante um ano, vídeos bem filmados, produzidos e editados que falassem sobre poesia. Agora vejam o orçamento: 1.300.000 – 100 mil de captação que é o teto = 1.200.000. Mas precisa de um captador? Sem um bom captador é difícil ir ao mercado e conseguir este montante. Então sim, o trabalho dos bons e honestos captadores é importante. É um trabalho demorado, difícil e que leva tempo até que se consiga convencer, mesmo com o benefício da lei, que haja um patrocínio.

Bem, dos 1.200.000 que ficam podemos dividir em 365 dias e chegaremos ao resultado de menos de R$ 3.300,00 por dia. Este dinheiro diário seria para pagar: coordenação do projeto, prestação de contas, contador, divulgação, manutenção do site, direitos autorais, eventuais funcionários, programação e hospedagem do site, cachês e a produção de um vídeo feito em grande qualidade por um importante cineasta e os vários impostos. Garanto que não é um grande valor porque nessa área infelizmente tudo é muito caro principalmente quando é uma grande produção e com pessoas importantes.

Mas aí, o Zeca Pagodinho que aprovou para seu DVD 4 milhões, Luan Santana 4 milhões, Claudia Leite 6 milhões, Ivete Sangalo 2 milhões etc. Por um ou pouco mais de 2 shows e gravações etc. Muitos que conseguiram captar. Aí ninguém falou nada, ou quase nada. Ou falam muito também quando o Pedro Lourenço conseguiu aprovação, mas não conseguiu captar a tempo, R$ 2,8 milhões para seu projeto de ir a Paris com sua moda .

Mas onde está a mediocridade em achar isso tudo um absurdo? Não, isso é mesmo um absurdo para um país como o Brasil. Um país com tantas dificuldades na cultura poderia dividir melhor esta verba. Então, tem muita coisa errada, a lei Rouanet tem muito o que mudar. Mas, o que tem que mudar? As mudanças propostas e que estão em votação não são boas? Se são boas como podemos articular para melhorar e apressar a votação? Se não são boas o que faremos? Vamos acabar com a lei? Quais os números reais de quem é beneficiado com a lei? Quem faz mal uso da lei? Quanto representam os números destes benefícios no orçamento geral da União? Qual o custo x benefícios ela gera, ou não gera? Etc. Só ao responder pontualmente e com fatos estas e outras tantas perguntas é que começaremos a saber se realmente ela é boa ou ruim e o que teremos que fazer.

A mediocridade está quando repetimos os discursos, como a tal Raquel Scherazade do SBT, onde simplesmente fala mal da lei, da antiga ministra Marta Suplicy, faz um discurso político e acaba com a moral de uma lei que muito além do que polemiza, patrocina inúmeros bons e importantes  projetos. A mediocridade está em fincar o pé em um discurso, certo ou errado, e bombardear quem não concorda com isso. A mediocridade está em não sair da nossa zona de conforto e tentar ver as variadas realidades. A mediocridade está quando queremos simplificar a lógica como na piada do português -ou italiano ou brasileiro –  e do japonês (eu conto essa piada no áudio gravado desse texto – veja no meu soundcloud).

O buraco é mais embaixo, a solução para tantos problemas que temos na vida, na carreira, no trabalho, na política, na vida em sociedade é outro. O problema real é que dá trabalho, tem que ler e pesquisar sobre o assunto, ser resiliente e tem que aceitar opiniões. Nada está certo. A lei Rouanet não está certa, tem muita coisa errada. As leis de incentivo não estão certas. Os políticos não estão certos.  A humanidade não está certa. Mas, há sempre o outro lado. Ao pensar assim, ao pensar de verdade e entender de verdade o problema poderemos chegar a soluções realmente efetivas. Não há almoço gratis. As soluções, muitas vezes simples, são trabalhosas. O mérito não é estar certo e convencer as pessoas, o mérito é ouvir as pessoas, olhar e entender a situação e aí mudar a nossa idéia com a certeza de que estamos evoluindo.

Precisamos sair da mediocridade ´para melhorar nosso trabalho, nossa vida, nosso sonhos. Os medíocres, por preguiça ou desconhecimento, simplesmente acatam, repetem e se contentam com o que diz e manda a maioria. Ter pensamentos e questionamentos variados nos faz sair do médio e nos leva para discursos e soluções mais inteligentes e efetivas. Quando tivermos no pensamento a certeza de que não temos certeza do que estamos afirmando, estaremos no caminho certo.

Gostou? Curta e comente. Também compartilhe pois informação tem que circular. 

O QUE PROJETOS CULTURAIS TEM A VER COM UMA RECEITA DE BOLO???

@PROJETOSEstamos numa época em que se fala tanto de culinária e temos tantas receitas  programas de TV, publicações, canais no youtube e mais sobre o assunto.

Escrever projetos É COMO CRIAR UMA RECEITA DE BOLO. Há muito tempo falo para meus alunos que escrever um projeto é como criar uma receita qualquer, como uma receita de bolo por exemplo. Tem que ter começo, meio e fim. Tem que ter ingredientes e modo de fazer. É um passo a passo para executar o projeto, do bolo. E em projetos culturais, sociais e outros o conceito é o mesmo.

O que é a receita = do que se trata o projeto, porque quis fazê-lo, porque ele é importante, o que pretende com ele.

Ingredientes: quais os recursos humanos, quais os recursos materiais, qual estrutura, qual logístia seu projeto irá precisar. No caso dos nosso projetos, cada um deles com seu orçamento especificado.

Mise en place: Etapa inicial para o preparo de qualquer prato, na qual separam-se todos os utensílios e ingredientes necessários para executá-lo. Antes de iniciar a execução de um projeto temos que ler, levantar as informações necessária, contratar as pessoas, locais etc. Marilia_e_Roberto-820

Modo de fazer: A receita x ingredientes x  tempo = cronogramas de execução variados.

Como servir: decoração, divulgação, custos para o público, distribuição etc.

A brincadeira e a alusão à receitas é para também mostrar que não é nenhum bicho de sete cabeças escrever e executar um projeto.

Gostou? Curta e comente. Siga nosso blog. E principalmente compartilhe se achar que pode ser útil para seus amigos e colegas. Informação tem que circular.

Zé Guilherme canta Orlando Silva e te convida a participar deste projeto

ZG_108O cantor Zé Guilherme está com projeto musical novo. Em breve o artista cearense, radicado em São Paulo, estará no mercado com o  terceiro CD da carreira. Trata-se de uma obra em homenagem ao grande Orlando Silva, um dos mais significativos intérpretes da música popular brasileira que comemora este ano seu centenário. Zé Guilherme promete uma releitura delicada e pessoal do repertório do Cantor das Multidões, apresentando-o de forma autêntica e contemporânea nesta justa e merecida reverência.

Através de um pré-lançamento exclusivo junto à Kickante, você pode adquirir esta homenagem antes de todos!  Participe e seja parte deste projeto.

Zé Guilherme apresenta 18 canções que foram selecionadas em um longo processo pessoal de pesquisa sobre a história e o repertorio de Orlando Silva.

A produção musical do disco está sob responsabilidade do músico, arranjador e produtor musical Cezinha Oliveira, que inseriu elementos clássicos nos arranjos, como piano, baixo acústico, acordeon, trombone e violão de sete cordas, para dar requinte à sonoridade das músicas, sem cair no saudosismo. Abre a Janela foi concebido com base no tripé interpretação, arranjos e composições, e mostra que a chamada “música antiga” do Brasil pode se manter clássica em sua origem, popular em sua apresentação e sofisticada em sua concepção.

O repertório de Abre a Janela – Zé Guilherme Canta Orlando Silva é formado pelas seguintes canções:

“Alegria” (Assis Valente e Durval Maia) – 1937

“Abre a Janela” (Roberto Roberti e Arlindo Marques Jr.) – 1938

“Cidade Brinquedo” (Silvino Neto e Plínio Bretas) – 1939

“Malmequer” (Newton Teixeira e Cristovão de Alencar) – 1940

“A Jardineira” (Benedito Lacerda e Humberto Porto) – 1938

“A Primeira Vez” (Alcebíades Barcelos e Armando Marçal) – 1940

“Pela Primeira Vez” (Noel Rosa e Cristovão de Alencar) – 1936

“Curare” (Alberto Simões – Bororó) – 1940

“Dama do Cabaré” (Noel Rosa) – 1936

“Lábios Que Eu Beijei” (J. Cascata e Leonel Azevedo) – 1937

“Preconceito” (Marino Pinto e Wilson Batista) – 1941

“Aos Pés da Cruz” (Marino Pinto e José Gonçalves) – 1942

“O Homem Sem Mulher Não Vale Nada” (Arlindo Marques Jr. e R. Roberti) – 1939

“Meu Consolo É Você” (Nássara e Roberto Martins) – 1938

“Lealdade” (Wilson Batista e Jorge de Castro) – 1942

“Meu Romance” (J. Cascata) – 1938

“Cidade do Arranha Céu” (Edgard Cardoso, Ranchinho e Alvarenga) – 1936

“Faixa de Cetim” (Ary Barroso) – 1942

Zé Guilherme

Cearense de Juazeiro do Norte, Zé Guilherme já demonstrava em seu primeiro CD,Recipiente (2001), que aliava um repertório criterioso à sua voz precisa e refinada, moldada por uma interpretação marcante e forte presença de palco. Em 2006, lançou o segundo disco, Tempo ao Tempo, que registrou a maturidade do artista e a forte influência que a metrópole exerce sobre aqueles que vêm de terras interioranas. Suas raízes cearenses se misturam “ao som e ao sabor de cada minuto vivido na metrópole paulistana com sua rica e diversificada produção que reflete os mais distintos matizes e origens”, como o próprio explica.

Recompensas a partir de 25 reais. Acesse já, participe e nos ajude a divulgar:

http://www.kickante.com.br/campanhas/ze-guilherme-canta-orlando-silva-e-te-convida

PALESTRA GRATUITA SOBRE LEIS DE INCENTIVO – DIA 23 EM SÃO PAULO

IMG_4873O Núcleo São Paulo da ABCR realizará, na noite do dia 23 de fevereiro, o próximo Nutrindo Relações, debatendo as leis de incentivo para projetos de organizações que atuam com cultura e esporte. Realizado em parceria com o Centro de Voluntariado de São Paulo, o Nutrindo de fevereiro terá como convidada a palestrante Marília de Lima, especialista no tema, e é gratuito para os interessados no tema.

Marília de Lima, a palestrante, é especialista em eventos e projetos, gestora de processos e pessoas, produtora cultural, consultora, captadora de recursos, professora e palestrante. Atuando no setor há mais de 25 anos. Presta consultoria e faz treinamentos nas áreas de Marketing, Cultura, Turismo, Economia Criativa & Cia. Trabalha com gestão e planejamento estratégico da carreira.  Atualmente administra sua empresa a Lima Projetos e Eventos.

abcr_sp
O Nutrindo será no auditório do Centro de Voluntariado de São Paulo, que fica na Av. Paulista, 1294 – 19º andar [Metrô Trianon-Masp]. Começa às 19 horas, até as 21, e é gratuito.

Mais informações com a ABCR no link http://captacao.org/recursos/abcr-brasil/abcr-sp/1542-leis-de-incentivo-para-cultura-e-esporte-sao-o-foco-do-proximo-nutrindo-relacoes

“CHEGA DE AUTO AJUDA” O QUE VOCÊ PRECISA É DO CAMINHO DAS PEDRAS E NÃO DE COLINHO PRA CHORAR

Meninas e meninos, E aí, já estão totalmente organizados para 2015? Projetos prontos? Já sabem qual é a programação? @@Pois é…. muita gente não tem ainda noção do que vai fazer, ou, como diz a piada quer sempre “emagrecer e ficar rico”. Então, se você ainda não tem seu ano planejado essa é a hora. E dentro desse planejamento inclua os projetos que você quer colocar em prática. A partir de fevereiro teremos aqui novos posts para você, diariamente. Assuntos de como realizar projetos, captar, entrevista com gente que anda fazendo muito barulho bom por aí, empreendedores, sonhadores e principalmente: os realizadores. IMG_4936Chega de auto-ajuda e vamos lá fazer acontecer. Colocar a mão na massa com técnica, informação, conteúdo e o passo a passo real que vai muito além do “você pode conseguir”. Ah tá… isso sei que você já sabe. O que você precisa é de dicas, exemplos, modelos e manuais de como fazer pra acontecer. Te espero por aqui. Se inscreva pra seguir este blog. Me siga no Facebook. Me adicione nos seus contatos. Mande emails. Mande sugestões. Mande perguntas. E bora lá fazer de verdade a diferença. Ah, e não se esqueça de fazer e/ou divulgar para os amigos o curso ON-LINE – INTELIGÊNCIA NA ELABORAÇÃO E GESTÃO DE PROJETOS que começa também no dia 02 e tem desconto de 50% até dia 28/01. “A fé sem obras é morta” (Tiago 2:14-26) – Vamos fazer acontecer de verdade.

Trabalhamos aqui com PROJETOS e com EVENTOS.

beijuuu.