A IMPORTANCIA DOS SENTIDOS NA PRODUÇÃO DE EVENTOS

INTELIGENCIA__PROJETOS_EVENTOS_4Quando pensamos na elaboração de um projeto de um evento, onde as pessoas presentes deverão ser impactadas é importante pensarmos também nos cinco sentidos. Todo aprendizado acontece através das percepções sensíveis do nosso cérebro. Olfato, tato, paladar, visão e audição.  Então preparei uma pequena descrição, e lembrança, para te ajudar a ter ideias nos seus projetos.

OLFATO – através do qual sentimos diferentes odores e este nos remete a lembranças variadas. O olfato é um dos grandes responsáveis por perpetuar memórias, boas ou más.

TATO – os nervos sensoriais da pele, nos permite sentir frio, calor, umidade, estranheza, repulsa. Com o tato podemos sentir firmeza, delicadeza, fragilidade e outras sensações no que estamos comprando, recebendo, mostrando, interagindo.

PALADAR – a língua é formada por diversas regiões sensíveis aos sabores. Amargo, doce, salgado, azedo. O paladar manda vários recados para o cérebro, seja para estimular, acalmar ou irritar.

IMG_20150804_165243477 (1)VISÃO – os olhos são as janelas da alma. Eles são usados para nós vermos o mundo. As cores, movimentos, imagens impactam o cérebro diariamente construindo conhecimento e lembranças.

AUDIÇÃO – Todos os sons do mundo, vem aos nossos ouvidos. Desde uma suave música ao som estridente de uma buzina. Os sons, tem muitos poderes e entre eles agitar ou acalmar uma pessoa.

Esse conjunto de sentidos é o que nos faz vivos. Ao elaborar um evento pense sempre em como pode incluir ou aprimorar itens para que essa viagem pelos sentidos seja de prazer, de boas lembranças e de conforto. Faça um evento inesquecível.

Detalhes como uma boa estrutura de som para não ficar cansativo, peças e decoração bonitas e confortáveis, designer para encantar os olhos, comidas de alta qualidade ainda que simples, materiais de qualidade e condizentes com o evento. Use perfumes ou não deixe que odores ruins se propaguem. Como sempre digo “o diabo mora nos detalhes”. Faça sua lição de casa e use a inteligência para criar projetos e eventos espetaculares e inesquecíveis. Simplesmente encante seu público pelos sentidos.

Gostou? Curta, comente, envie seus comentários e dicas. Mas principalmente compartilhe, CONHECIMENTO TEM QUE CIRCULAR. 😉

VOCÊ SABE COMO APROVEITAR UM FALSO NEGATIVO EM PROJETOS?

INTELIGENCIA__PROJETOS_EVENTOS_3Você sabia que o Viagra foi um falso negativo? Pois bem, no final dos anos 80 a Pfizer trabalhou nos testes de um medicamento para tratar de angina. Tudo ia bem até que nos testes com humanos a droga não deu resultado. A maioria desiste de projetos assim que nos resultados ocorra fracasso. Mas, ao olhar diferente, ao estudar os efeitos colaterais, um novo medicamento, com um sucesso de público e bilheteria estreou, nasceu “o Viagra”.

Brincadeiras à parte, muitas vezes nos empenhamos e dedicamos a um projeto onde em algum momento, seja na elaboração, na avaliação de riscos, na execução ou na avaliação dos resultados, aparentemente, tudo dá errado. Temos então um resultado negativo.

Entretanto, em muitas vezes, se olharmos mais de perto,  ou de longe, ou os dois, poderemos enxergar oportunidades até então desconhecidas ou intencionadas.

Já em 2003 Henry Chesbrough, professor de gestão de tecnologia e inovação nos EUA, falava:

“A história da inovação está cheia de exemplos em que o melhor uso de um novo produto ou uma nova tecnologia é totalmente diferente do proposito inicial do projeto.”

Um projeto pode não servir ao seu objetivo, mas pode ser como uma luva para outro. Se você criou, pode disponibilizar o resultado no mercado, para parcerias ou licenciamento de ideias. Essas ideias ou resultados podem não te servir, mas podem ser um prato cheio para outro.

Quantos músicos criam músicas que nunca cantarão? Mas a criação bateu na porta e ela nasceu. Então há a possibilidade de disponibilizarem para outros artistas. Quantas ideias de festivais e atividades surgem durante a pesquisa para um simples show? Quantos resultados inesperados acontecem quando lançamos um evento que nem imaginávamos o resultado? Woodstock, o festival, foi um deles. Quantos eventos, sem intenção, são vistos por investidores como grandes ideias e “pivotam” totalmente seu rumo?

Por isso, é importante, antes de achar que seu projeto foi um fracasso ou tem que ser descartado, fazer uma avaliação. Avaliar e pesquisar junto aos “stakeholders” outras visões sobre o mesmo tema. O pensamento coletivo e a visão compartilhada podem dar soluções até então desconhecidas. Muitas vezes também, um projeto que não atendeu ao primeiro objetivo pode ser adequado a outro.

Por mais que haja pesquisa, estudo e práticas de controle na elaboração e gestão de projetos, o imprevisível e a resposta do meio pode atrapalhar o processo. Mas nem sempre o resultado é negativo. Pense nisso.

Gostou? Curta, comente, envie seus comentários e dicas. Mas principalmente compartilhe, CONHECIMENTO TEM QUE CIRCULAR. 😉

a partir do dia 18 somente o blog WWW.MARILIADELIMA.COM.BR estará com matérias publicadas. Aproveite e vá lá se increver parareceber em primeira mão.

PROJETO DE LEI PARA REGULAMENTAR A LEI ROUANET

download (18)A Lei Rouanet está mesmo dando o que falar. Por essas e por outras que muito deputado começa a olhar mais para a cultura, o que para os trabalhadores do setor, isso bom. Mas será que, assim como as matérias plantadas na mídia, a criação de novas leis não tem apenas motivos politiqueiros?

Neste movimento que o deputado federal Benjamin Maranhão (SD) apresentou nesta quarta-feira (24), no Congresso, Projeto de Lei (Nº 4526/2016) para proibir a captação de recursos a eventos culturais que gerem lucro, através da Lei Rouanet. O objetivo é garantir a democratização de acesso ao incentivo criado pelo Governo em 1991 para estimular a produção cultural nacional.

Você pode aqui ouvir meu podcast onde falo sobre O QUE É A LEI ROUANET.

É preciso entender o que é a lei, como funciona, quais os benefícios e beneficiados. Vejo como muito negativo as matérias aos montes falando da Claudia Leite como se a lei se resumisse a isso ou que estes tipos de projetos. Não, isso não é verdade.São mais de 3 mil projetos, em todo o Brasil sendo aprovados anualmente e menos de 10% com figuras como a “Claudinha”. Mas, se olharmos o outro lado, talvez seja uma oportunidade para discutir, na grande mídia, como funciona e quais são as necessidades da cultura. E principalmente, a votação e a criação de leis que vão ajudar a melhorar esse cenário.

O deputado federal Benjamin Maranhão (SD) apresentou o Projeto de Lei (Nº 4526/2016) para proibir a captação de recursos a eventos culturais que gerem lucro, através da Lei Rouanet. O objetivo é garantir a democratização de acesso ao incentivo criado pelo Governo em 1991 para estimular a produção cultural nacional. Ele sugere que seja acrescido o inciso 4º ao artigo 2º da Lei Rouanet, vedando a concessão do benefício aos projetos com essas características. Segundo ele “Não podemos acreditar que artistas consagrados, que arrastam multidões e faturam milhões, precisem da lei de incentivo à cultura. Esse instrumento deve ser utilizado para promover projetos que necessitem de estímulo para acontecerem e que possam, de fato, contribuir com a propagação da arte e da cultura do nosso povo”.

A lei é sim para todos e não vejo problema, legal, que a Claudia Leite tenha aprovado um projeto. O problema talvez seja moral, mas para isso serão anos de educação pela frente, outra história. Mas não podemos esquecer que ela não é a única, que o valor era baixo e que nem tinha captado. Agora então já cancelou, pronto. Mas pela lei já passaram Zeca Pagodinho, Cirque du Soleil, Zélia Duncam, Fernanda Montenegro e tantos outros atores globais. A lei é para todos e por isso estão em seu direito. O que precisa é de regulamentação. Regulamentação agora proposta pelo deputado Benjamin Maranhão.

A única questão que devemos pensar, discutir e acompanhar é “como será a avaliação do GERAR LUCRO? “. Tudo na cultura é muito subjetivo e sem condições de métricas pré estabelecidas. Existem projetos caríssimos e de grande valor cultural, que necessitam de apoio do governo, é assim em todo o mundo. Mesmo que cobrem ingresso. Esse é o caso de praticamente todos os museus do mundo.  Para muitos, fazer algo gratuito a principio, pode ser bom como marketing e num futuro ser usado como gerador de receita, veja marketing com dinheiro público.

Ficam então as perguntas: Como serão estas avaliações? A própria Claudia Leite poderia então entrar com um projeto onde não cobrasse nada? A lei será só pra quem é pobre e não tem dinheiro?  Uma pessoa famosa não poderá apresentar projetos? Isso não é violar a constituição quando excluímos se pobres ou ricos? E ainda assim, qual a métrica para definir isso? Talvez, não seria melhor aprovar algo, que está sendo proposto há anos, onde a grande diferença está no tamanho das porcentagens? Onde as Claudias Leites poderiam participar, mas por pontuação, levando em conta N fatores, seria aprovada mas a empresa teria somente 10 ou 20% de desconto, enquanto um cantor que estivesse em início de carreira tivesse 100%?

Enfim, as discussões sobre a cultura não começaram agora, há mais de 12 anos tem muita gente discutindo seriamente todas as nuances, caminhos e “se” deste setor tão importante para o desenvolvimento de um país. Estamos caminhando, um dia de cada vez. Mas muito já se andou. Poderia inclusive sugerir aos jornalistas e deputados de plantão que fizessem uma pesquisa sobre o Plano Nacional de Cultura.

Gostou? Curta e comente. E principalmente COMPARTILHE, conhecimento tem que circular.

INTELIGÊNCIA NA ELABORAÇÃO E GESTÃO EM PROJETOS – CURSO PRESENCIAL EM JANEIRO DE 2016

Você que queria muito meu curso presencial olha ele aí. Dias 16 e 17 de janeiro, em São Paulo nós poderemos nos encontrar e falar sobre a INTELIGÊNCIA NA ELABORAÇÃO E GESTÃO DE PROJETOS. Essa é minha primeira agenda para o ano de 2016 e quero te ver por lá.

12187673_10154386991478712_7530135820567049477_nFalaremos sobre:

  • Escolher a ideia,
  • Construir o esboço,
  • Utilizar o MÉTODO**
  • Escrever o projeto
  • Leis de incentivo e editais
  • Plano de Mídia
  • Captação de recursos
  • Execução/ Gestão
  • Finalização
  • Prestação de contas
  • Extras

Um curso imperdível para quem quer realmente aprender a fazer projetos reais, factíveis, criativos e inteligentes. Um curso para quem não quer só escrever e aprovar projetos mas que quer executar, captar e realizar o que está proposto.

No curso, além de me basear pelas técnicas do PMI (Um instituto que pesquisa e define parâmetros para o gerenciamento de projetos), utilizo também o modelo de construção do Canvas que é aquele famoso construtor de idéias que trabalha como os post-its.

Agora o mais legal que tenho pra te oferecer é o meu MODELO exclusivo de construção de projetos onde você realmente fixa o conteúdo e aprende na prática como fazer.

Para todos os que se inscreverem tenho 04 bônus:

  1. *Kit de planilhas e modelos para construir seus projetos.
  2. *Agenda de editais para 2016
  3. *E-Book – Divulgando projetos e eventos nas redes sociais.
  4. *Vídeo exclusivo: “Crowndfunding

E ainda um quinto bônus SURPRESA mas muito útil para o produtor cultural e de eventos.

TÓPICOS:

O que é um projeto – DA IDÉIA À EXECUÇÃO – Pesquisa de mercado – ESCOLHENDO O PROJETO – Justificativa – OBJETIVOS – Etapas de um projeto – GESTÃO DE PESSOAS – Gestão de materiais – LOGÍSTICA –  Gestão de riscos – GESTÃO DE RECURSOS FINANCEIROS –  Estrutura de trabalho – PLANILHAS – Indicadores de desempenho – PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO – Plano de Mídia – CAPTAÇÃO E MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS – Contratações – LEIS E LICENÇAS – No papel – ADEQUAÇÃO À LEIS DE INCENTIVO, EDITAIS, EMENDAS E OUTROS – Execução e gestão – AVALIAÇÃO – Diversos.

Então se você é da área de projetos, eventos, cultura, entidades sociais, comunicação, marketing, produção, artes etc se inscreva agora para receber as informações completas desse curso:  faça aqui sua inscrição. Para todos os que se inscreverem até o dia 15 de dezembro o desconto será de 20% do valor total. Acompanhe as informações.

Compartilhe com seus amigos. 😉

REAPRENDENDO A CRIATIVIDADE COM AS CRIANÇAS

84363c26ccab76f0aa2dde02fcb39cec.47d3c9d823b9ae01024bf6c0677a8354Meninas e meninos,

Dizem que todos nós já temos criatividade, somos criativos. Mas que temos que exercitar isso. Então, o que podemos aprender com as crianças com relação a criatividade? Tudo. Ou, no mínimo muito.

Estamos no mês de outubro e dia 12 comemoraremos o dia das crianças. Muita gente começa a mudar suas fotos no Facebook para colocar aquelas de quando eram crianças. Pais pensam em presentes. Professores e escolas preparam suas comemorações. Enfim diversas homenagens a estes pequeninos que nos fazem mais felizes.

Porém, acho que, muito mais do que homenagear, precisamos resgatar esta qualidade de “ser criança” que é muito mais do que “ser pequeno, dependente, engraçadinho e bonitinho”. “Ser criança” é ser livre principalmente para pensar. Se hoje fôssemos livres como já fomos quando crianças poderíamos ter muito mais sucesso e felicidade.

Criatividade é inventividade, inteligência e talento, natos ou adquiridos, para criar, inventar, inovar, quer no campo artístico, quer no científico, esportivo, dia a dia etc. Mas para mim, a melhor definição de criatividade é de Anderson**: “CRIATIVIDADE REPRESENTA A EMERGÊNCIA DE ALGO ÚNICO E ORIGINAL”. E é justamente este “criar” na “emergência, na dificuldade ou necessidade” que a criança realiza sem obstáculos no pensamento e principalmente na ação. Não ficam arranjando culpados ou colocando empecilhos. São livres e por isso desenvolvem sempre algo original e único mas que principalmente resolve o problema, atende a demanda e é independente.

@Eu queria alguns brinquedos – Quando era pequena, queria brincar de servir comidinhas, cozinhar em panelinhas comidas imaginárias etc mas não tinha estes brinquedos. Resolvi então confeccionar o que eu queria. Peguei um papel, cortei com as mãos mesmo, dobrei e enrolei até que viraram panelinha, pratos, talheres e copos. Aí brinquei muito. Não importava se era de papel e simples ou de plástico e comprado na loja, precisava ser brinquedo. Conquistei o objetivo, resolvi o problema.

Ela queria viajar com tranquilidade – Minha sobrinha de 10 anos, ia ter prova na sexta-feira mas também neste dia deveria viajar para São Paulo. Em casa, conversou isso com a sua mãe que disse que iria resolver com a escola e ver como faria. Mas que em último caso, disse que poderia viajar a noite, na sexta. Porém, minha sobrinha disse tinha que viajar para outro lugar no sábado e argumentou que ficaria muito cansada. Isso era um domingo. Na quarta, minha irmã foi falar com a diretora para ver sobre a liberação para ela fazer a prova antes. Porém, quando chegou a diretora disse que ela estava “atrasada”. Que minha sobrinha pediu licença para a professora, foi até lá e já tinha argumentando a “extrema” necessidade de fazer a prova antes e que ainda na sexta precisaria ir sem uniforme pois de lá já iria viajar. Negociou estes termos com a diretora e conseguiu. Não teve o pré-conceito da idade ou do medo da autoridade. Sabia que tinha esse poder e esse direito e ela, com 10 anos, foi lá e conquistou o objetivo e resolveu o seu problema.

Ela queria cuidar da gatinha machucada – A filha de uma amiga no Facebook, vendo que sua gatinha estava machucada. Foi ao banheiro, pegou papel higiênico e “enfaixou” a gata. Lembrou de como sua mãe fazia e resolveu com criatividade a questão do cuidado médico. Conquistou o objetivo e resolveu o problema, (ou quase rrsss).

E se ficarmos aqui conversando e contando lembraremos de histórias assim. Histórias nossas, de pessoas próximas ou de casos que ouvimos. Mas a principal lição é que as crianças usam tudo que é possível para “alcançar seus objetivos e resolver seus problemas”. Seja de forma mais simples, decidida ou engraçada. As crianças são independentes e com sua pouca vivência sabem bem o que querem e lutam pra conquistar. Mesmo que não seja da melhor forma e muitas vezes causando acidentes, as crianças são livres e obstinadas.

De verdade, os pais e a sociedade, na minha opinião, é que muitas vezes estragam a criança e quando ela vira adolescente, jovem ou adulto
ficam dependentes, inseguras e sem perspectivas. Conheço por exemplo diversos jovens com mais de 18 anos que seus pais que resolvem tudo na escola, das viagens. Tem pais que os filhos já tem mais de 20 e ainda compram suas calcinhas e cuecas. Tem pais que ainda sustentam seus filhos com mais de 30 anos. Enfim “amam demais”, tornam os filhos dependentes e cada dia mais sem autonomia, sem liberdade, sem criatividade.

Agora, imagina nós, com o conhecimento e vivência que já temos, se agirmos com a liberdade e obstinação das crianças, livres de pré-conceitos? Seremos pessoas muito mais criativas. Se tivermos o olhar da criança para o problema, poderemos achar soluções simples, descomplicadas, baratas, inovadoras e principalmente muito criativas.

O principal para ser criativo é lembrar que o mais importante é conseguir chegar nos objetivos e que para isso, as variáveis mais estranhas e não usuais podem ser uma solução. Não aceitar o “não”, o “é impossível”, o “já tentamos”, o “não é por aí” e tantas outras frases, regras e opiniões negativas, obsoletas ou bitoladas. O objetivo é conquistar o resultado, um resultado único.

Vamos observar e ser mais criativos. 🙂

QUERO TE ENVIAR SEMPRE INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE PROJETOS, EVENTOS E MUITO MAIS e isso eu só compartilho com quem é VIP. Para isso faça aqui sua inscrição para participar também.

**(ANDERSON, H. H . On the meaning of creativity. In ANDERSON, H. H. (org.). Creativity in childhood and adolescence. Palo Alto, CA: Science and Behavior Books. 1965.)

10 DICAS SOBRE CAPTAÇÃO DE RECURSOS

IMG_4808Meninas e Meninos,

Preparei estas 10 dicas para você pensar na captação de recursos do seu projeto:

🙂    1 – Tenha um bom projeto – um bom projeto é bem escrito, é coerente, tem diferencial que encanta e principalmente é parte do seu sonho e da sua carreira.

🙂    2 – Faça um projeto que realmente vá realizar a qualquer custo. Não perca tempo por algo que só vai tentar em lei de incentivo pois esse é apenas um dos vários caminhos.

🙂    3 – Após o projeto pronto, aprovado ou não em uma lei de incentivo, faça um material de vendas convincente. Primeiro convença do porque é bom e depois fale de valores e incentivos. 

🙂    4- Não caia no erro de achar que você ou seu projeto é importante ou inédito, como você um milhão de pessoas pensam assim. Defina qual a sua importância e a do seu projeto para a empresa e para o mundo.

🙂   5- Esqueça o discurso antigo e que não convence ninguém que a empresa ou pessoa tem que investir em cultura é importante, quase uma obrigação. Não é assim que funciona. 

🙂    6 – Seu projeto está numa lei. Ok. Mas isso não é nada, tem um monte que está. Pense e monte argumentos do porque é melhor investir no seu projeto do que em outro. 

🙂    7 – Pense em várias possibilidades de captação de recursos: parcerias, financiamento coletivo (crowdfunding), venda antecipada, sócios investidores, várias leis de incentivo etc. 

🙂   8 – Não ache que porque está em uma lei, na mão de um captador, em um site de financiamento tudo vai dar certo….você precisa continuar trabalhando a sua participação é fundamental. 

🙂    9 – Entende que o NÃO já é seu… vá atrás do sim. Mas entenda que é a arte de vender e não de obrigar. 

🙂    10- Seja criativo. Seja proativo. Seja inteligênte. Não desista. Não é impossível. 

GostouCurta, comente e compartilhe. 

QUERO TE ENVIAR SEMPRE INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE PROJETOS, EVENTOS E MUITO MAIS e isso eu só compartilho com quem é VIP. Para isso faça aqui sua inscrição para participar também. 🙂

AGENDA DE EDITAIS, PRÊMIOS ETC – VEJA AGORA E SE PROGRAME

@AGENDASEMANALSEMANA DE 15 A 21 DE MAIO – E hoje é de novo sexta feira e dia de agenda com editais, inscrições, eventos etc. Mas veja logo pois tem alguns que terminam já na segunda feira.

EVENTOS

RIO DE JANEIRO/  RJ –  “VI Seminário Internacional de Políticas Culturais” na FundaçãoCasa de Rui Barbosa. As inscrições para participar como ouvinte se encerram em 26 de maio e o evento acontece de 26 a 28 do mesmo mês. A participação é gratuita. Inscrições e informações: politica.cultural@rb.gov.br – Tel. (21) 3289-8608 / 8609 / 8610 – http://www.casaruibarbosa.gov.br/interna.php…

CRATO / CE – sexta-feira 15/05 começam as inscrições com submissão de trabalhos do III Encontro Brasileiro de Pesquisa em Cultura, que será realizado de 8 a 10 de outubro, no Crato. Inscrevam seus projetos. Leiam as regras no site do HTTP://ebpc.ufca.edu.br – As inscrições para ouvintes já estão abertas e podem ser feitas no site o ouvinte deverá receber um e-mail de confirmação em até três dias após a inscrição.

@criativo2FORTALEZA /CE – A Feira da Música chega de 01 a 03 de junho no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Oficinas, palestras, premiações e shows diversos fazem parte da programação desse ano. Confirme presença no evento:http://on.fb.me/1DF7SYe  Saiba mais: www.feiradamusica.com.br

MAPEAMENTO CULTURAL

CEARÁ – Aberto o projeto Mapeamento Cultural do Ceará. A ação inclui um amplo diagnóstico das manifestações, diversidades e da produção cultural em todo o Estado. Mapeamento Cultural: 184 municípios – segmentos que vão constar no mapeamento estão artesanato, patrimônio material (edificações, sítios e parques naturais), patrimônio imaterial (festas religiosas, festas populares, festas civis, lendas, mestres de cultura, culinária, história e memória, fazeres populares). Manifestações artísticas modernas e eventos culturais (teatro, dança, música, artes plásticas, artes visuais, festivais, mostras) e equipamentos culturais (biblioteca, museu, teatro, auditórios, salas de cinema, estádio, ginásio, boate ou casa de forró, bar com palco, clube, livraria, loja de discos, vídeo-locadora). – http://www.secult.ce.gov.br – Inf:Tel: (85) 3103.1035 / 3087.9654 – mapeamentoculturalce@gmail.com

 

EDITAIS, INSCRIÇÕES E PRÊMIOS

SÃO PAULO  – PROAC – TEATRO

***EDITAL PROAC Nº 01/2015 – PRODUÇÃO DE ESPETÁCULO INÉDITO E TEMPORADA DE TEATRO – Vigência: 13/05/2015 a 26/06/2015 –http://www.cultura.sp.gov.br/portal/site/SEC/menuitem.743e24c3aed90ec40fc55410e2308ca0/?vgnextoid=cd937e1c19ebc410VgnVCM1000008936c80aRCRD&vgnextfmt=default

***EDITAL PROAC Nº 02/2015 – CIRCULAÇÃO DE ESPETÁCULO DE TEATRO – Vigência: 13/05/2015 a 26/06/2015 –http://www.cultura.sp.gov.br/portal/site/SEC/menuitem.743e24c3aed90ec40fc55410e2308ca0/?vgnextoid=f2c37e1c19ebc410VgnVCM1000008936c80aRCRD&vgnextfmt=default#.VVItQ45VgSV

***EDITAL PROAC Nº 03/2015 – PRODUÇÃO DE ESPETÁCULO E TEMPORADA DE TEATRO – Vigência: 13/05/2015 a 26/06/2015 – http://www.cultura.sp.gov.br/portal/site/SEC/menuitem.743e24c3aed90ec40fc55410e2308ca0/?vgnextoid=aec37e1c19ebc410VgnVCM1000008936c80aRCRD&vgnextfmt=default#.VVItZo5VgSU

cropped-proac.jpgOBSERVAÇÃO: DIA 26 TEM CURSO GRATUITO PRA TE AJUDAR COM ESTES EDITAIS e TODOS OS OUTROS DO PROAC SP . VEJA NO : https://plus.google.com/u/0/events/c8pi3qufli2ktruugilmsaj4vv8 

BRASIL – MÚSICA – Edital Natura Musical – Apoia projetos de todo o país por meio da lei Rouanet e das leis estaduais de incentivo a cultura da Bahia, Minas Gerias, Pará, Rio Grande do Sul e São Paulo. Inscrições até 16 junho. Mais: http://www.naturamusical.com.br/editais-natura-musical-2015

SÃO PAULO / BRASIL – BANDAS – III Festival de Bandas Cover no MIS.. Os selecionados receberão R$ 1.500 e farão shows no MIS. A banda vencedora ainda recebe um prêmio extra de R$ 1.000, 40h de gravação em estúdio, além de kits da PHX Instrumentos. CONVOCATÓRIA | III FESTIVAL DE BANDAS COVER – INSCRIÇÕES até 02.06, no site: www.mis-sp.org.br – Museu da Imagem e do Som – MIS- TEL  (11) 2117 4777  www.mis-sp.org.br

CANOA QUEBRADA /CE – CINEMA – X Edição do Curta Canoa – Festival Latino Americano de Canoa quebrada –  até o dia 30 de Junho de 2015. As inscrições www.jalimaproducoes.com.br e ou www.curtacanoa.com.br, – inFO: adrianolima@jalimaproducoes.com.br – 85 86414400 OI e 85 9635 3880. O Festival vai acontecer no período de 28 de Setembro á 03 de Outubro de 2015

CEARÁ – ARTE URBANA – Festival Concreto – Festival Internacional de Arte Urbana abre sua convocatória para as inscrições dos artistas cearenses e artistas residentes no estado do Ceará. Inscrições até 26 de junho. mais: http://www.festivalconcreto.com.br/convocatoria.html

BRASIL – CINEMA – 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Para curtas e longas-metragens de pessoas físicas e jurídicas de todo o país. Inscrições até 26 de junho. – mais: http://www.festbrasilia.com.br/regulamento

POÇOS DE CALDAS / MG – CINEMA – Festival Nacional de Cinema de Poços de Caldas, Inscrições até 30 de junho. – mais: http://www.festcinepocosdecaldas.com.br/

VITÓRIA/ ES – CINEMA – 22º Festival de Vitória. – Para curtas e longas-metragens de todo o país. – até 05 de junho. http://festivaldevitoria.com.br/22vcv/regulamento/

VENEZA / ITÁLIA – CINEMA – 72ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza, na Itália – Inscrições até 19 de junho – Veja o regulamento nohttp://www.labiennale.org/en/cinema/regulations/

BRASIL – ARTES PLÁSTICAS – 1ª CHAMADA DE PORTFÓLIOS AURA –  O Aura Curadoria Contemporânea (www.aura.art.br) abriu edital para a realização de mostras individuais em sua plataforma. O edital completo pode ser acessado através do site:http://bit.ly/1RlPkXd .  até o dia 18 de maio (segunda-feira) de 2015, através do e-mail: info@aura.art.br .

BELO HORIZONTE/ MG – CULTURA POPULAR – 2° PRÊMIO “MESTRES DA CULTURA POPULAR DE BELO HORIZONTE” – Somente poderão participar grupos legalmente constituídos. É vedada a participação de órgãos públicos e escolas. inscrições encerra no dia 30 de maio de 2015 (data limite para postagem no correio). – http://www.festear.com.br/inscri.html

BRASIL – DANÇA – o sistema ficara aberto até as 23:59 do dia 24/05/2015 – Urizzi Dance Festival –  PORÉM FIQUE ATENTO, AS INSCRIÇÕES PODEM SER FECHADAS A QUALQUER MOMENTO. www.urizzidancefestival.com.br

SÃO PAULO – TEATRO – A Cia Teatro da Cidade realizará a mostra Agosto Popular de Teatro no período de 26 a 30 de agosto de 2015 e a 11ª Mostra Walmor Chagas de Teatro no período de 23 de outubro a 02 de novembro de 2015 – As inscrições estarão abertas de 15 de maio a 15 de junho de 2015. O material do espetáculo, acompanhado da ficha de inscrição devidamente preenchida, deverá ser enviado via correio para a Cia Teatro da Cidade / CAC Walmor Chagas – Rua João Mendes Pedroso, 131 – Monte Castelo – 12215-160 – São José dos Campos – Sp – www.ciateatrodacidade.com.br

SÃO PAULO – VIRADA CULTURAL – CORAIS – Secretaria Municipal de Cultura cadastra corais de todo o Brasil para a Virada Cultural 2015 –  Serão recebidas propostas de corais de todo o Brasil por meio deste formulário: https://goo.gl/CgbQRi até 18 de maio de 2015.

MONTREAL/ CANADÁ – CINEMA – até 29 de maio as inscrições para a edição 2015 do Encontro Internacional de Documentário de Montreal, podem participar tanto diretores estabelecidos no mercado quanto novos talentos. Brasileiros podem inscrever seus filmes nas competições internacionais de longas, médias e de curtas-metragens. As inscrições devem ser feitas pelo site FilmZoneFestival. http://ow.ly/MOr9h

CABO FRIO/ RJ- CINEMA – até 30 de julho –  informações: http://www.festivalcurtacabofrio.com.br/

RIO DE JANEIRO – CINEMA – até 30 de julho – fusão do Rio Cine Festival com a Mostra Banco Nacional de Cinema. http://www.festivaldorio.com.br/

HAVANA / CUBA – CINEMA – até 30 de agosto – http://www.habanafilmfestival.com

BRASIL – DOCUMENTAÇÃO  DA MEMÓRIA DO MUNDO – MowBrasil 2015 – Proteger e estimular o acesso a acervos documentais de interesse nacional. Iniciativa do Ministério da Cultura em conjunto com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Interessados podem enviar, até 31 de julho de 2015, documentos – textos, audiovisuais ou cartográficos – para possível nominação no Registro Memória do Mundo – inf: memoriadomundo@arquivonacional.gov.br ou entre em contato pelo número: (21)2179-1290/2179-1346 – http://www.cultura.gov.br/documents/10883/1171222/06.04+Formul%C3%A1rio+de+Candidatura+MoWBrasil+2015+-+p+preencher.doc/e9a24d94-6884-4d10-ac33-fc84758bc10a

BAHIA – CULTURA EM GERAL – Fazcultura 2015 – até 02/12/2015 – O Programa Estadual de Incentivo ao Patrocínio Cultural, Fazcultura, abre inscrições a partir desta sexta-feira, 17 de abril, para pessoas físicas e jurídicas, com atuação na área cultural na Bahia. Todas as expressões artístico-culturais e os bens de natureza material e imaterial poderão ser contemplados nos termos do art. 3º da Lei Orgânica da Cultura. Os interessados podem entrar em contato pelo telefone (71) 3103-3489, e-mail atendimento@cultura.ba.gov.br ou presencialmente no endereço: Palácio Rio Branco, Praça Thomé de Souza, s/n, térreo – Centro, CEP: 40.020-010 – Salvador/Bahia. http://www.cultura.ba.gov.br/2015/04/16/fazcultura-2015-abre-inscricoes/

RIO DE JANEIRO – CIRCO – VIVA O CIRCO! – até 26 de junho – Programa inovador de capacitação e qualificação das atividades circenses, que contará com parceria do Sebrae. Serão escolhidas quatro companhias de circo que funcionarão como aceleradoras. Inscrições: Pelos Correios, entre os dias 5 de maio e 21 de junho  – http://www.rio.rj.gov.br/web/smc/exibeconteudo?id=5292958

SÃO PAULO – CINEMA – PROGRAMA DE INVESTIMENTO SPCINE E BRASIL DE TODAS AS TELAS- até 10/06/2015 –  Produção de Longas-metragens  – Proponente: Produtoras paulistas  – info: https://spcine.wordpress.com/programasdeinvestimento/

BRASIL – MÚSICA E LITERATURA – BNDES Patrocínio a Eventos Culturais 2015- ate 12/06/2015 – Info: http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Apoio_Financeiro/Patrocinio/Introducao/eventos_culturais2015.html

BRASIL – FOTOGRAFIA – BOLSA DE FOTOGRAFIA ZUM/IMS 2015 – até 19/06 – Patrocinador: Instituto Moreira Salles – http://azucar.art.br/bolsa-fotografia-zum-ims-2015/

BRASIL – FOTOGRAFIA – Wiki Loves Earth Concurso Fotográfico – até 31/05/2015 – O Wiki Loves Earth é um concurso fotográfico internacional que visa a incorporação de fotos dos principais patrimônios naturais do mundo no Wikimedia Commons, incentivando fotógrafos e entusiastas a contribuirem com imagens para a ilustração de artigos da Wikipédia e demais projetos mantidos pela Wikimedia Foundation.. Além da grande visibilidade e matérias publicadas em vários canais de notícias online, as 10 melhores fotos foram publicadas na Edição de Agosto da Revista Fotografe Melhor da Editora Europa. – info: http://pt.m.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:Wiki_Loves_Earth_2015/Brasil

MINAS GERAIS –  CURTA METRAGEM – 2º Prêmio BDMG Cultural / Fundação Clóvis Salgado de Estímulo ao Curta-Metragem de Baixo – até 31/05/2015 – o Edital vem reforçar o comprometimento da Gerência de Cinema da Fundação Clóvis Salgado e do BDMG Cultural com as políticas de fomento ao cinema produzido no estado de Minas Gerais. INFO:

http://fcs.mg.gov.br/banco-de-noticias/fundacao-clovis-salgado-e-bdmg-cultural-abrem-edital-de-estimulo-a-curtas-metragens-de-baixo-orcamento/

CURITIBA/ PR – CULTURA E ARTES – Mecenato Subsidiado 2015 – até 18/05/2015 – – info: http://www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/noticias/fundacao-cultural-de-curitiba-inclui-jogos-digitais-no-mecenato-2015/

BRASIL – LITERATURA – Prêmio Literário Cidade de Belo Horizonte – até 18/05/2015 – Concurso Nacional de Literatura Prêmio Cidade de Belo Horizonte. Essa é a mais antiga premiação literária do país. A edição deste ano irá contemplar obras em duas categorias: conto e poesia. As inscrições são gratuitas e ficam abertas até o dia 18 de maio de 2015. – INFO: http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/files.do?evento=download&urlArqPlc=conc005-2014.pdf

 

EDITAIS PERMANENTES

Coca-Cola Foundation Grant – Fundação Coca-Cola – Áreas: Educação/ Desenvolvimento comunitário/ Geração de Trabalho e Renda / Meio Ambiente/ Assistência Social/ Saúde – http://www.thecoca-colacompany.com/citizenship/foundation_guidelines.html

Arcus Foundation Grant: Social Justice –  Fundado em 2000 por Jon Stryker, a Fundação Arcus é líder global em financiamentos de justiça social e preservação. Mais especificamente, Arcus trabalha para melhorar igualdade da comunidade LGBT (lésbicas, gays, bisexuais e transgêneros), assim como preservação e proteção de primatas. A Fundação recebe projetos na área de defesa de direitos humanos e educação cultural o ano todo. – http://www.arcusfoundation.org/what-we-support/social-justice-lgbt/

CIELO – Ações de Responsabilidade Social – – Áreas: Educação/ Cultura e Artes/ Desenvolvimento comunitário/ Geração de Trabalho e Renda/ Esportes/ Saúde – Esses investimentos, em sua maioria, são feitos por meio de leis de incentivo, tais como Lei Rouanet, Lei Federal de Incentivo ao Esporte e FIA (Fundo da Infância e Adolescência), PRONON (Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica) e PRONAS/PCD (Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência). – https://www.cielo.com.br/conheca#sustentabilidade

 Slide38Gostou?? Comente, curta e compartilhe. Compartilhar informação é algo inteligente. E dando que se recebe #ficaadica

INTERCÂMBIO BRASIL E PORTUGAL COM CACILDA ESPÍNDOLA

@22Hoje é dia de entrevista e nossa convidada é Cacilda Espíndola. Cacilda é uma artista plástica brasileira radicada em Portugal há 07 anos. Seu trabalho permeia sempre pelo social, pela reciclagem, pelas cores. Cacilda é também designer de jóias e está finalizando seu curso na Cindor – Formação Profissional de Ourivesaria e Relojoaria em Gondomar, PT. Tem formação em Organização de Eventos no Brasil pela UNISA. É uma artista criativa que desenvolve um trabalho que transmite a sua vocação em participar do mundo de forma mais efetiva e construtiva.

@3

“Crack International Art Camp” -Dez 2014/ Jan 2015

Recentemente foi convidada para uma residência artística no “Crack International Art Camp” – em KushtiaBangladesh. O projeto é uma iniciativa por parte de alguns jovens ativistas de diferentes áreas culturais no país. Este é um projeto que começou com a liderança do artista Shawon Akand em associação com artista Delowar Hossain em 2007. Artistas de vários países da Ásia e Europa estiveram presentes.

@criativo3

Exposição ” Em partes” – 2014 – Maia – Portugal

O trabalho de Cacilda Espíndola, muitas vezes premiado, já esteve em exposições e catálogos no Brasil, Londres, Lisboa, Porto, EUA e outras cidades e países. Foi responsável pela produção de cenários para shows e eventos. Eventualmente trabalha como contato e/ou produtora cultural em projetos que envolvem Brasil e Portugal. E sempre está participando de alguma ação social onde, através das artes plásticas, cria belíssimos trabalhos com idosos, crianças, dependentes químicos e outros grupos.

Por este belo currículo e pela sua competência que a Lima Projetos e Eventos (da qual sou sócia) fechou uma parceria com ela. A intenção deste trabalho em conjunto é levar artistas do Brasil para Portugal. Artistas de todas as áreas como artes plásticas, literatura, música, teatro etc. Cacilda será uma representante da produtora. Ela também já de dispões a participar e auxiliar na criação da nossa REDE COLABORATIVA DE PRODUÇÃO (veja toda quinta matéria sobre esse assunto).

E agora vamos conversar um pouquinho com ela:

COMO FOI A DESCOBERTA DA SUA VOCAÇÃO DE ARTISTA PLÁSTICA?

@criativo2

Exposição – Brasil – Passando por Mudanças – acrílico sobre madeira – Cacilda Espíndola

Eu comecei a pintar com nove anos quando passei a freqüentar um atelier de pintura. Decidi trocar a dança pela pintura. Sempre fui fascinada pelas cores, texturas e materiais. Ver que a combinação destes fatores e a forma como eles podem ser sentidos e explorados plasticamente, criando uma imensa plataforma de recursos e possibilidades de serem mostrados, fizeram com a paixão se transformasse em amor. Foi um hobby com imensas descobertas. Fui então convidada para fazer parte de um atelier de pintura em seda e também a fazer minha primeira exposição. A partir daí comecei a aprofundar os meus estudos e o hobby virou uma profissão.

ATUALMENTE, MORANDO EM PORTUGAL VOCÊ ESTÁ FINALIZANDO UM CURSO DE JOALHERIA. COMO É O MERCADO DE DESINGERS DE JÓIAS EM PORTUGAL E NO BRASIL?

Penso que Portugal tem uma grande tradição e uma história muito rica na joalheria, mas passaram muito tempo agarrados a essa tradição. E tenho notado que eles estão mais abertos aos trabalhos contemporâneos com materiais diversificados. Os novos designers têm feito trabalhos muito diferenciados. No Brasil isso já acontece há mais tempo. A experimentação faz parte da nossa história, e a imensa variedade que temos de pedras e materiais nos fazem ter mais liberdade para criar joalheria com soluções mais criativas e apresentando resultados interessantes e surpreendentes. Quanto à comercialização tudo é fácil e é difícil, no Brasil ou em Portugal. O importante é não desistir e criar uma identidade única que o destaque neste grande e concorrido mercado.

@4

“Changes” – anel prata – 2012 – Cacilda Espíndola

VOCÊ TAMBÉM TRABALHA COM ARTES PLÁSTICAS LIGADA A PROJETOS SOCIAIS. QUAL A IMPORTÂNCIA DESSE TIPO DE AÇÃO?

Valorizar aqueles que de alguma forma acabam sendo excluídos para mim é muito importante. Uso a arte para tratar seus traumas e trazer novas perspectivas de saída para as duras realidades que vivem. A arte tem um papel muito maior do que a simples comercialização de produto ou serviço. A arte pode ir além do satisfazer o próprio ego através das nossas criações. Fazemos a arte pela arte. Arte não tem cerca, não é social e não precisa atender um mercado. Mas acho que ela gera resultados tão significativos que essa contribuição só agrega, tanto para a sociedade quanto para o próprio artista.

@criativo4

“With flowers/Com flores” – Necklace, Gold plated brass with painted fabric, 2014

VOCÊ JÁ FEZ UM CURSO DE PRODUÇÃO DE EVENTOS. QUAL A PRINCIPAL DIFICULDADE NA ELABORAÇÃO E GESTÃO DE EVENTOS NA ÁREA CULTURAL?

Conhecer as leis que nos beneficiem conseguir bons espaços para mostrar o trabalho, fazer a gestão da carreira, estabelecer boas parcerias e ter incentivos para internacionalizar e tantas outras dificuldades são enfrentadas por nós artistas. A elaboração de eventos tem muito destas dificuldades. Seria prefeito se todos os artistas soubessem um pouco de como elaborar seus eventos e projetos. Isso encurta caminhos e diminui problemas.

COMO VOCÊ ACHA QUE UM INTERCÂMBIO DE PRODUÇÃO BRASIL / PORTUGAL PODERÁ AJUDAR OS ARTISTAS COM SEUS PROJETOS?

@2Esse intercâmbio ajudará abrindo novas possibilidades, estabelecendo sinergias e boas parcerias, aumentando a rede pessoal de networking, fomentando novas idéias, aumentando o crescimento pessoal e o conhecimento profissional. Fomentando possibilidades financeiramente viáveis para levar o trabalho do artista brasileiro para outros países, criando assim visibilidade internacional.

DEIXE SEUS CONTATOS 

https://www.facebook.com/cacildaespindolabrasil?fref=ts

cacildaespindola@hotmail.com

Gostou? Curta e comente. E principalmente: COMPARTILHE, conhecimento deve ser partilhado.

10 DICAS IMPORTANTES SOBRE PROJETOS CULTURAIS E SOCIAIS

@PROJETOSO tema das segundas aqui no meu blog será PROJETOS. Se gosta do tema se cadastre para receber os posts ou me acompanhe nas redes sociais. O objetivo é dar dicas práticas, mostrar e comentar exemplos do que fazer e do que não fazer na ELABORAÇÃO E GESTÃO DE PROJETOS.

Então vamos começar com o básico: o quê são mesmo “projetos????

Bem, a A palavra PROJETO vem do latim proicere, que quer dizer “antes de uma ação”. Um projeto é algo que você pesquisa, planeja, desenha e escreve antes de realizar alguma ação. Assim ela será executada da melhor maneira possível. Ele surge da necessidade, oportunidade ou problema encontrado. Um projeto tem tempo e recursos definidos. E principalmente, deve ter o escopo (aquilo que se pretende atingir) muito bem definido.

Aqui apresento 10 dicas importantes que você precisa saber sobre projetos culturais e sociais:

  1. SE SEU PROJETO NÃO ESTÁ ESCRITO, NÃO TEM OS ORÇAMENTOS E CRONOGRAMAS DESENHADOS, VOCÊ NÃO TEM UM PROJETO, TEM SÓ UMA IDÉIA. – Algumas pessoas têm idéias, fazem um pequeno resumo no papel, apontam as justificativas etc., mas não escrevem nada de prático. Isso não é um projeto, é uma idéia, não confunda. Ter o projeto escrito e detalhado é o primeiro passo para a organização do caminho que se pretende trilhar.  As perguntas que orientam para esta construção detalhada são: O que é, quanto é, para quando é, com quem é, como é e por aí vai.
  1. ESCREVA UM PROJETO PELO PROJETO E NÃO PARA UMA LEI OU EDITAL – Um projeto tem que atender a uma demanda visualizada no planejamento estratégico. A ação de desenhar e escrever um projeto, que custará seu tempo, deve ser alinhado com a visão geral do caminho a percorrer. Portanto, se acha importante ter um ou mais projetos para 2016 eles tem que ser escritos agora e só depois inseridos nessa ou naquela lei ou edital. Leis e editais são para viabilizar financeiramente os projetos que você sonha, que você precisa.
  1. PROJETO TEM COMEÇO, MEIO E FIM, ao contrário de uma empresa que trabalhamos para que nunca tenha fim. Um projeto sempre tem um objetivo que, ao ser cumprido, finaliza as ações. Portanto, pensar nesse desenho é também pensar em uma boa finalização. Ter um cronograma real. Tem gente que faz projeto que nunca termina. Fica enrolado com prestação de contas, com finalização de fotos e vídeos etc. Isso é erro de planejamento.
  1. PROJETO TEM QUE CONTER A VERDADE, NADA MAIS DO QUE A VERDADE– Isso é muito importante para se aprender com relação aos projetos. Alguns acham que é difícil escrever, pois focam em argumentos e condicionamentos que tornam o “escrever um projeto” algo intocável. Para escrever coloque a verdade exata de como você vai fazer, o que vai precisar para construir e executar sua ação. Todos os mínimos detalhes de custos, pessoas, necessidades etc. Isso é o seu projeto.
  1. PROJETO É UMA RECEITA DE BOLO – ao escrever um projeto escreva de forma que quem pegar o documento possa executá-lo. Ele é uma receita tem que ter todos os ingredientes e o “modo de fazer”. Para testar, dê pra alguém que não é da área ler. Se entender, maravilha, está pronto.
  1. PROJETO NÃO É TESE DE TCC – Um projeto não é uma tese para doutorados ou mestrados. Não deve ter linguagem rebuscada e deve ser de fácil compreensão. Deve ser claro, direto e prático. Somente na justificativa que é permitido dissertar sobre a importância, o contexto. Mas mesmo assim não deve ultrapassar uma lauda. Todos os outros tópicos como: resumo do projeto, objetivo, cronograma, orçamentos etc. tem que ser práticos. 
  1. PLANEJE, PLANEJE, PLANEJE E DEPOIS ESCREVA – A parte mais importante na construção de um projeto é o planejamento. É nessa hora que há pesquisa de mercado, avaliação do contexto, discussão e mapeamento de riscos etc. Enquanto essa visão geral não for avaliada e processada não se deve finalizar o documento. Quanto mais se planeja, maior a assertividade.
  1. LEIS DE INCENTIVO OU EDITAIS SÃO FÁCEIS DE ESCREVER E CADASTRAR – Nenhuma lei de incentivo ou edital é difícil de participar. Com o projeto pronto e escrito faça a leitura do que pede a lei ou edital e vá adequando. E com relação ao cadastramento é só ler também. O youtube tem vários vídeos explicando para Rouanet, Icms etc. O que não podemos é ter preguiça de ler, de buscar conhecimento. Mas, se está inseguro ou não tem tempo, sempre tem um bom produtor no mercado que pode escrever e cadastrar o projeto “com” você.
  1. CAPTAÇÃO DE RECURSOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS COMEÇA NO PLANEJAMENTO – Essa é uma parte também muito importante de saber. Ao planejar um projeto deve pensar como e quanto será preciso, quais empresas ou ações podem auxiliar na disponibilização de recursos, quem poderá ser parceiro etc. E ao definir cada item/rubrica do orçamento, deve também avaliar como se dará a prestação de contas desse item. Estes dois itens bem planejados evitam muitas dores de cabeça.
  1. PROJETO É UM MEIO, NÃO É O FIM – Outra confusão que se faz e achar que ter projetos é fundamental para a sobrevivência do grupo, da entidade, do artista etc. Fundamental é saber “o que você quer ser quando crescer, além de salsicha” (risos). Fundamental é saber aonde quer chegar e criar um planejamento estratégico. Nesse planejamento poderá conter um ou mais projetos e estes devem ter relação com o que se pretende conquistar. E não o contrário.IMG_4935

E é isso. Espero que tenha sido útil. Gostou? Curta e comente. Mas também compartilhe com os amigos. Conhecimento tem que circular.