APROVEITE O PRONATEC DA CULTURA

image

Pronatec Cultura: passo a passo para gestores públicos

Está aberto o processo de abertura de vagas para o Pronatec Cultura deste ano. O número de vagas será estabelecido a partir da demanda de secretarias municipais e/ou estaduais de cultura, ou órgão equivalente – apresentada ao Ministério da Cultura (MinC), por meio de sua Secretaria de Formação Artística e Cultural (Sefac).

Confira abaixo os procedimentos necessários.

Como aderir ao Pronatec Cultura?
As secretarias de Cultura ou os órgãos responsáveis pelas políticas públicas culturais de estados e municípios contatam o MinC pelo endereço eletrônico pronatec.cultura@cultura.gov.br, manifestando sua intenção em participar do Pronatec Cultura. 

Como solicitar vagas?
Os órgãos interessados receberão por e-mail uma planilha de mapeamento de demanda, na qual deverão informar e justificar quantas vagas e quais dos cursos disponíveis desejam ofertar em sua região. Confira aqui a lista dos 75 cursos ofertados nesta edição do Pronatec Cultura. Mais informações estão disponíveis no site do programa, dentro do Guia de Cursos de Formação Inicial e Continuada (Guia Pronatec de Cursos FIC) e do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.

Quem oferta os cursos?
O ofertante é a unidade educacional cadastrada no Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec) e habilitada pelo MEC para realizar os cursos do Pronatec Cultura. São ofertantes do Pronatec: os Institutos Federais, o Sistema S e as escolas técnicas municipais e estaduais. Se em sua região existe fundação de cultura que oferte cursos técnicos, entre em contato com o MinC pelo emailpronatec.cultura@cultura.gov.br para verificar a possibilidade de cadastramento dessa instituição.

Homologação de vagas 
Baseada nas demandas de todo país, o Ministério da Educação (MEC) pactua com as unidades ofertantes a quantidade de vagas que poderão ser abertas. O resultado será publicado nas páginas do Sistec e do MinC.

Pré-matrículas e matrículas
Definido o número de vagas disponíveis, os órgãos responsáveis pelas políticas públicas culturais de estados e municípios terão preferência sobre as vagas que solicitaram. Os órgãos terão quatro dias exclusivos para realizar as pré-matrículas nestas vagas. Depois desse prazo, as vagas serão compartilhadas com outros demandantes e, caso ainda não tenha sido preenchidas, são abertas as inscrições on-line no site do Pronatec. 

Sobre o Pronatec 
O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) é um programa do Governo Federal, coordenado pelo MEC, cujo objetivo é expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica no país. O MinC é responsável pelo Pronatec Cultura, modalidade que, desde 2013, já ofertou  50.341 vagas em cursos técnicos na área cultural em todo Brasil.

Mais informações
Além do site Pronatec e do MEC, mais informações podem ser obtidas com a Sefac/MinC pelo email pronatec.cultura@cultura.gov.br  ou pelo telefone (61) 2024-2275. 

FONTE: material publicada pela Secretaria de Formação Artística e Cultural – Ministério da Cultura – no site: http://www.cultura.Gov.br

 

INTELIGÊNCIA NA ELABORAÇÃO E GESTÃO EM PROJETOS – CURSO PRESENCIAL EM JANEIRO DE 2016

Você que queria muito meu curso presencial olha ele aí. Dias 16 e 17 de janeiro, em São Paulo nós poderemos nos encontrar e falar sobre a INTELIGÊNCIA NA ELABORAÇÃO E GESTÃO DE PROJETOS. Essa é minha primeira agenda para o ano de 2016 e quero te ver por lá.

12187673_10154386991478712_7530135820567049477_nFalaremos sobre:

  • Escolher a ideia,
  • Construir o esboço,
  • Utilizar o MÉTODO**
  • Escrever o projeto
  • Leis de incentivo e editais
  • Plano de Mídia
  • Captação de recursos
  • Execução/ Gestão
  • Finalização
  • Prestação de contas
  • Extras

Um curso imperdível para quem quer realmente aprender a fazer projetos reais, factíveis, criativos e inteligentes. Um curso para quem não quer só escrever e aprovar projetos mas que quer executar, captar e realizar o que está proposto.

No curso, além de me basear pelas técnicas do PMI (Um instituto que pesquisa e define parâmetros para o gerenciamento de projetos), utilizo também o modelo de construção do Canvas que é aquele famoso construtor de idéias que trabalha como os post-its.

Agora o mais legal que tenho pra te oferecer é o meu MODELO exclusivo de construção de projetos onde você realmente fixa o conteúdo e aprende na prática como fazer.

Para todos os que se inscreverem tenho 04 bônus:

  1. *Kit de planilhas e modelos para construir seus projetos.
  2. *Agenda de editais para 2016
  3. *E-Book – Divulgando projetos e eventos nas redes sociais.
  4. *Vídeo exclusivo: “Crowndfunding

E ainda um quinto bônus SURPRESA mas muito útil para o produtor cultural e de eventos.

TÓPICOS:

O que é um projeto – DA IDÉIA À EXECUÇÃO – Pesquisa de mercado – ESCOLHENDO O PROJETO – Justificativa – OBJETIVOS – Etapas de um projeto – GESTÃO DE PESSOAS – Gestão de materiais – LOGÍSTICA –  Gestão de riscos – GESTÃO DE RECURSOS FINANCEIROS –  Estrutura de trabalho – PLANILHAS – Indicadores de desempenho – PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO – Plano de Mídia – CAPTAÇÃO E MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS – Contratações – LEIS E LICENÇAS – No papel – ADEQUAÇÃO À LEIS DE INCENTIVO, EDITAIS, EMENDAS E OUTROS – Execução e gestão – AVALIAÇÃO – Diversos.

Então se você é da área de projetos, eventos, cultura, entidades sociais, comunicação, marketing, produção, artes etc se inscreva agora para receber as informações completas desse curso:  faça aqui sua inscrição. Para todos os que se inscreverem até o dia 15 de dezembro o desconto será de 20% do valor total. Acompanhe as informações.

Compartilhe com seus amigos. 😉

NÃO EXISTE PRIVACIDADE NENHUMA NA INTERNET #FATO, MAS NÃO TENHA MEDO E NÃO DEIXE DE USAR

office-583839_640Você sabe usar e entende o que é a internet? Tem medo ou não de usar a internet? Usa para divulgar e melhorar sua performance em projetos e eventos?  Quer aprender isso sem pagar nada? Fique aqui comigo que vou falar muito sobre esse assunto.

A primeira coisa que quero te falar é que  A INTERNET É COMO UMA PRAÇA DA SUA CIDADE, é ali que as pessoas se encontram e tudo pode ser visto por todos.

Tenho acompanhado matérias, pesquisas, publicações e notícias sobre a internet. Não só pra negócios mas também a utilização no dia a dia. Vejo que milhares e milhares de pessoas ainda não entenderam o que é realmente a internet. Então a segunda coisa que quero te contar é que A INTERNET NÃO É SEGURA E TODOS PODEM VER O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO. A qualquer momento tudo pode “vazar”. Cada palavra, cada foto, cada publicação ou conversa em redes sociais, mensagens, emails etc deve ser muito bem pensado. Pense sempre: “se isso vazar o que acontecerá comigo e minha imagem?”.  Não faltam casos onde pessoas mandam “nudes” para outras e essas fotos vazam, não falta pessoas que falam mal das outras e sem querer erram e enviam para o “mal falado” ou alguém faz isso. Não faltam hackers que invadem contas, copiam dados, roubam documentos etc. São inúmeros os perfis falsos e pessoas sendo enganadas. Uma adolescente já se suicidou porque o namorado publicou a foto dela com os seios de fora, políticos já caíram, casamentos acabaram, pessoas foram demitidas e muito mais.

A terceira informação que acho pertinente é que  A INTERNET É AINDA UMA CRIANÇA QUE ESTÁ DESCOBRINDO O MUNDO, AS OPORTUNIDADES SÃO GIGANTES. Ainda que muitos jovens achem que sempre existiu, ela é relativamente nova. Começou mesmo a funcionar efetivamente e para o público a partir 1993, ou seja 22 anos. E mesmo assim, só em 2002 começou a crescer com números expressivos. Por isso você ainda tem muito o que fazer, descobrir e criar. Basta ter idéias, colocar o cérebro para trabalhar.

Submarine_cable_map_umap

Cabos submarinos para interligar a internet (fonte Wikipedia)

Mas a quarta, e pra mim a  mais importante, informação que vou te falar é que A INTERNET VEIO PARA FICAR E ELA É IMPRESCINDÍVEL. Ela interliga milhões de computadores em todo o mundo. Suas redes e possibilidades só aumentam. Os celulares estão todos conectados. São milhares de conexões em todo o mundo. Queira ou não você precisa estar conectado. E quando falo de internet não falo só de mídias sociais. O universo é gigante e incrível.

A internet é muito mais que isso e a cada dia está em mais e mais soluções do dia a dia.  É NECESSÁRIO ENTENDER E APRENDER A USAR A INTERNET.

E se seu ramo de trabalho é na área de eventos ou projetos, é ainda mais essencial esse uso. O PÚBLICO ALVO PARA PROJETOS E EVENTOS ESTÁ CONECTADO.

Continue seguindo meus posts e pouco a pouco vou falar sobre cada uma das possibilidades, sobre cada uma das redes sociais, sobre sites e blogs, ferramentas gratuitas etc. A nova era do marketing 3.0 está conectada. Fique também. QUERO TE ENVIAR SEMPRE INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE PROJETOS, EVENTOS E MUITO MAIS e isso eu só compartilho com quem é VIP. Para isso faça aqui sua inscrição para participar também.

Gostou? Curta, compartilhe e divulgue. Informação tem que ser circular. 😉

REAPRENDENDO A CRIATIVIDADE COM AS CRIANÇAS

84363c26ccab76f0aa2dde02fcb39cec.47d3c9d823b9ae01024bf6c0677a8354Meninas e meninos,

Dizem que todos nós já temos criatividade, somos criativos. Mas que temos que exercitar isso. Então, o que podemos aprender com as crianças com relação a criatividade? Tudo. Ou, no mínimo muito.

Estamos no mês de outubro e dia 12 comemoraremos o dia das crianças. Muita gente começa a mudar suas fotos no Facebook para colocar aquelas de quando eram crianças. Pais pensam em presentes. Professores e escolas preparam suas comemorações. Enfim diversas homenagens a estes pequeninos que nos fazem mais felizes.

Porém, acho que, muito mais do que homenagear, precisamos resgatar esta qualidade de “ser criança” que é muito mais do que “ser pequeno, dependente, engraçadinho e bonitinho”. “Ser criança” é ser livre principalmente para pensar. Se hoje fôssemos livres como já fomos quando crianças poderíamos ter muito mais sucesso e felicidade.

Criatividade é inventividade, inteligência e talento, natos ou adquiridos, para criar, inventar, inovar, quer no campo artístico, quer no científico, esportivo, dia a dia etc. Mas para mim, a melhor definição de criatividade é de Anderson**: “CRIATIVIDADE REPRESENTA A EMERGÊNCIA DE ALGO ÚNICO E ORIGINAL”. E é justamente este “criar” na “emergência, na dificuldade ou necessidade” que a criança realiza sem obstáculos no pensamento e principalmente na ação. Não ficam arranjando culpados ou colocando empecilhos. São livres e por isso desenvolvem sempre algo original e único mas que principalmente resolve o problema, atende a demanda e é independente.

@Eu queria alguns brinquedos – Quando era pequena, queria brincar de servir comidinhas, cozinhar em panelinhas comidas imaginárias etc mas não tinha estes brinquedos. Resolvi então confeccionar o que eu queria. Peguei um papel, cortei com as mãos mesmo, dobrei e enrolei até que viraram panelinha, pratos, talheres e copos. Aí brinquei muito. Não importava se era de papel e simples ou de plástico e comprado na loja, precisava ser brinquedo. Conquistei o objetivo, resolvi o problema.

Ela queria viajar com tranquilidade – Minha sobrinha de 10 anos, ia ter prova na sexta-feira mas também neste dia deveria viajar para São Paulo. Em casa, conversou isso com a sua mãe que disse que iria resolver com a escola e ver como faria. Mas que em último caso, disse que poderia viajar a noite, na sexta. Porém, minha sobrinha disse tinha que viajar para outro lugar no sábado e argumentou que ficaria muito cansada. Isso era um domingo. Na quarta, minha irmã foi falar com a diretora para ver sobre a liberação para ela fazer a prova antes. Porém, quando chegou a diretora disse que ela estava “atrasada”. Que minha sobrinha pediu licença para a professora, foi até lá e já tinha argumentando a “extrema” necessidade de fazer a prova antes e que ainda na sexta precisaria ir sem uniforme pois de lá já iria viajar. Negociou estes termos com a diretora e conseguiu. Não teve o pré-conceito da idade ou do medo da autoridade. Sabia que tinha esse poder e esse direito e ela, com 10 anos, foi lá e conquistou o objetivo e resolveu o seu problema.

Ela queria cuidar da gatinha machucada – A filha de uma amiga no Facebook, vendo que sua gatinha estava machucada. Foi ao banheiro, pegou papel higiênico e “enfaixou” a gata. Lembrou de como sua mãe fazia e resolveu com criatividade a questão do cuidado médico. Conquistou o objetivo e resolveu o problema, (ou quase rrsss).

E se ficarmos aqui conversando e contando lembraremos de histórias assim. Histórias nossas, de pessoas próximas ou de casos que ouvimos. Mas a principal lição é que as crianças usam tudo que é possível para “alcançar seus objetivos e resolver seus problemas”. Seja de forma mais simples, decidida ou engraçada. As crianças são independentes e com sua pouca vivência sabem bem o que querem e lutam pra conquistar. Mesmo que não seja da melhor forma e muitas vezes causando acidentes, as crianças são livres e obstinadas.

De verdade, os pais e a sociedade, na minha opinião, é que muitas vezes estragam a criança e quando ela vira adolescente, jovem ou adulto
ficam dependentes, inseguras e sem perspectivas. Conheço por exemplo diversos jovens com mais de 18 anos que seus pais que resolvem tudo na escola, das viagens. Tem pais que os filhos já tem mais de 20 e ainda compram suas calcinhas e cuecas. Tem pais que ainda sustentam seus filhos com mais de 30 anos. Enfim “amam demais”, tornam os filhos dependentes e cada dia mais sem autonomia, sem liberdade, sem criatividade.

Agora, imagina nós, com o conhecimento e vivência que já temos, se agirmos com a liberdade e obstinação das crianças, livres de pré-conceitos? Seremos pessoas muito mais criativas. Se tivermos o olhar da criança para o problema, poderemos achar soluções simples, descomplicadas, baratas, inovadoras e principalmente muito criativas.

O principal para ser criativo é lembrar que o mais importante é conseguir chegar nos objetivos e que para isso, as variáveis mais estranhas e não usuais podem ser uma solução. Não aceitar o “não”, o “é impossível”, o “já tentamos”, o “não é por aí” e tantas outras frases, regras e opiniões negativas, obsoletas ou bitoladas. O objetivo é conquistar o resultado, um resultado único.

Vamos observar e ser mais criativos. 🙂

QUERO TE ENVIAR SEMPRE INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE PROJETOS, EVENTOS E MUITO MAIS e isso eu só compartilho com quem é VIP. Para isso faça aqui sua inscrição para participar também.

**(ANDERSON, H. H . On the meaning of creativity. In ANDERSON, H. H. (org.). Creativity in childhood and adolescence. Palo Alto, CA: Science and Behavior Books. 1965.)

3 PONTOS PRINCIPAIS NA ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS

Meninas e Meninos,

IMG_8074Como prometido no Periscope segue algumas considerações sobre eventos. Abaixo identifiquei três pontos mais importantes que darão início e continuidade a toda projeção e organização.

🙂  –  01 – Toda organização de evento começa com a definição e avaliação do público alvo. É a partir dessa definição e análise que tudo será projetado. Material gráfico, local, formato, conteúdo, decoração, atrações culturais e recreativas, alimentação, cores etc.

🙂  – 02 – Siga os mesmos passos da elaboração do projeto para pensar no seu evento. Muita gente acha que para realizar um evento não há necessidade de escrever também um projeto, mas há sim. O projeto é o documento que dá o norte para a realização do mesmo. Recursos humanos, recursos materiais, logística, recursos financeiros, cronograma, stakeholders etc estarão descritos. Escreva o documento (projeto) do seu evento.

🙂 – 03 –  Pesquise cada ítem e tente criar o maior diferencial possível. Eventos existem aos milhares, idéias também. Coisas interessantes não estão faltando. Então você tem que pesquisar, pensar e encantar. E lembrar sempre que o “diabo” mora nos detalhes. É nessa hora que você pode encantar. Os mínimos detalhes, os “amenities”, a exclusividade.

E hoje são estas. Mas teremos muito mais para falar sobre eventos. QUERO TE ENVIAR SEMPRE INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE PROJETOS, EVENTOS E MUITO MAIS e isso eu só compartilho com quem é VIP. Para isso faça aqui sua inscrição para participar também.

Gostou? Comente, curta e compartilhe. Vamos fazer circular informação. Namastê

DICAS DE COMO USAR O PERISCOPE PARA EVENTOS E NO PLANEJAMENTO DOS SEUS PROJETOS

Meninas e Meninos,

persicopeA nova rede social que está dando o que falar é o PERISCOPE. O aplicativo é do Twitter que transmite ao vivo. É exclusivo para celulares e tem tanto para Iphone quanto para Androide.

Nossa, legal né? Mas será que você deve mesmo arriscar e se dedicar a mais uma rede social, a mais uma aplicativo que irá tomar o seu tempo? Depende.

Antes você precisa entender como ele funciona. Atualmente tem muitas celebridades usando para conversar com seu público ou mostrar o seu dia a dia. Como um reality show, um Big Brother. Mas também tem revistas, palestrantes e outros profissionais usando para consultoria, divulgação de conteúdo etc.

É como se você pudesse ter seu próprio canal de TV. Então, pensando por esse ângulo as idéias de aplicação serão muitas:

  • pode transmitir shows, teatro e todo tipo de evento ao vivo,
  • divulgar lançamentos e falar sobre isso.
  • criar conteúdo sobre o seu trabalho
  • mostrar em primeira mão produções inéditas etc
  • e para projetos, pensar nessas ações e incluir os custos e logística de execução na hora de planejar e escrever.
  • Criar uma apresentação para um grupo exclusivo
  • E até mostrar e conversar sobre seus eventos e projetos com alguém que está bem longe de você (Se cuida Skype…rrs)

Mas como qualquer aplicativo; redes sociais ele tem seus segredos, suas aplicações para os negócios, divulgação e suas regras. Alguns dos que já aprendi e percebi são as seguintes:

  • Já tem muita gente, então você tem que se diferenciar em conteúdo e forma.
  • Seria bom escolher horários e dias fixos para criar público,
  • Como qualquer outro aplicativo ou divulgação de eventos tudo dependerá também do seu trabalho, em replicar e agir, para conseguir mais e mais seguidores.
  • Nem toda conexão ou local te dará uma qualidade de transmissão. Então planeje antes de transmitir.
  • É bom criar um roteiro do que se pretende para não ficar perdido.
  • Ter mais alguém para te auxiliar quando for uma transmissão de eventos é bacana pois ajuda nos imprevistos,
  • Você lê e vai respondendo as perguntas ou conversars de quem está no chat. Mas não dá pra responder quando está se transmitindo um evento ao vivo onde alguém está se apresentando ou falando. Pense na estratégia que vai usar para responder perguntas.
  • As pessoas ainda estão aprendendo sua utilização, o que é bom pois você pode ser o pioneiro em alguma idéia usando o aplicativo.
  • O vídeo só fica disponível durante 24 horas. Trabalha com a ideia da impermanência, como o Snapchat. Mas tem truques para você gravar e replicar em outras plataformas como o Youtube ou Vimeo.
  • Dá pra fazer simultanemente a gravação ou a transmissão também por outras vias como Skype, Hangout e até o Meerkat (anterior ao Periscope e muito usado fora do Brasil). Mas claro, precisará de outros celulares para isso e ajuda de outras pessoas. Mas é bacana.
  • Luz. Iluminação é importante, pense nela e na qualidade do que está transmitindo para que fique gostoso de se ver e não uma escuridão total.
  • Como sempre falo nos cursos independente do tema: pense, pense, planeje, planeje e aí execute. Mas as possibilidades são imensas.

😉  Fabebook já tem um aplicativo igual mas por enquanto é só pra selecionados, celebridades. Em breve outras redes parecidas surgirão. Isso nos faz pensar no futuro e o que ele nos reserva. E aí, como faremos a inclusão destas idéias nos nossos projetos e como realizaremos os nossos eventos.

😉 Apesar de ainda não estar em discussão já logo dou a dica do cuidado com os direitos autorais. Pense sobre isso também.

E é isso. Apenas um bate papo falando do que acabei de conhecer. Mas ainda estou aprendendo. E se você quiser aprender mais, aprender os truques e outras dicas bem bacanas procure profissionais de mídia on line que já estão dando consultoria e cursos sobre o tema. Eles sim sabem muito. Eu só estou dividindo o que sei.

maldito-corretor-do-iphone1314415183Eu indico pra vocês a Ana Tex que tem o curso mas também tem muitas dicas no @periscoTex.

E aproveite e crie já sua conta no PERISCOPE. Vai treinando. E me siga @eumariliadelima. A partir de setembro muitas novidades.

Gostou? Curta, comente e compartilhe.

A IMPORTÂNCIA DO “ADVOGADO DO DIABO”

Meninas e meninos,

IMG_8080-001Muitas vezes sou chamada de irritante, de pessoa difícil e até partidária por, na maioria das vezes, questionar a verdade do que está sendo afirmado, discordar ou cogitar tragédias. A verdade é que pra tudo tento ser o Advogado do Diabo (do latim diabolus, por sua vez do grego diábolos, “caluniador”, ou “acusador”) pois é questionando, supondo, pensando diferente que obteremos respostas mais concretas e não teremos certezas tão frágeis. É assim que, ainda que errados, poderemos ter certeza de que estamos pensando, estamos sendo ativos e não somente reativos. É assim que estaremos preparados para o pior, e se ele não vier, melhor.

11bacde6e443ed1f851bab4a6fe0e96fMas o que é o “advogado do diabo”? Entre 1900 a 1983 nos processos de canonização da Igreja Católica existia a figura de um “promotor da fé” (Promotor Fidel). Ele era escolhido pela igreja e sua função era olhar com dúvidas e questionar as possíveis falhas ou inconsistencias das provas sobre milagres e outros acontecimentos. Essa função era popularmente conhecido como “Advogado do Diabo” (advocatus diaboli). Os Advogados do Diabo, reduziam o número de canonizações e garantiam que a santidade não deveria ser tão fácil assim.

Atualmente usamos a expressão para designar as pessoas que estão do lado contrário de uma questão aprovada por todos, que olha o outro lado, questiona o que ninguém mais questionou. Não aceita tão fácil assim as “verdades” ou as soluções.

images (4)Esse papel é muito importante quando estamos fazendo um planejamento estratégico, quando estamos fazendo a pesquisa, o “brainstorm” ou “toró de palpites”   como dizemos lá em Minas. É importante na construção e elaboração de projetos e eventos. Precisamos quetionar e pensar: “e se chover?”, “mas será que é o melhor?”, “se todos estão fazendo talvez não seja melhor não fazer?”, “se todos estão fazendo talvez não seja melhor fazer?”, “E se azedar a comida?”, “Será que este lugar é mesmo o melhor?”, “So porque tem 5 estrelas será que é realmente bom pra o que precisamos?”, “Será que só porque está na moda vamos fazer?”, “E se a empresa furar com a gente?”, “E se alguém se machucar?”, “E se formos multados?” etc etc.

Portanto, se você tem alguém assim na sua equipe, valorize. Se não tem, se tudo é muito tranquilo e todos concordam, faça alguma coisa pra mudar isso. Inclua alguém ou motive para isso. Eventos e projetos são eventualidades, são frágeis, não acertaremos nunca 100% mas quanto mais nos preparamos mais perto dos 100 chegamos. Se nos preparamos para tudo, ou quase tudo, estamos salvos ainda que nada de errado ou ruim realmente aconteça.

É como eu digo, para se organizar com maestria eventos e projetos o mais importante é pensar, pensar e pensar na hora de planejar, planejar e planejar. 🙂

***Cadastre seu email  no formulário de contato para receber nossas novidades. Promoções especiais, descontos, textos exclusivos e muito mais só para quem se cadastrou. 

Você gostou???? Compartilhe. Agradeço sempre.

AGOSTO, MÊS DO CACHORRO LOUCO OU DO DESGOSTO? VOCÊ DECIDE!

Meninas e meninos,

136521852595510Chegou “agosto”, ou “augustus”, mês que recebeu esse nome do imperador Cesar Augusto, que resolveu fazer essa homenagem pra ele mesmo. Modesto né? #sqn

Este é um mês de muitas crenças e de muita conversas ao pé do ouvido. Por exemplo, evite reuniões e encontros, principalmente os românticos, com os argentinos ou argentinas. Para eles, é um mês que não se deve lavar os cabelos pois está atraindo a morte. Não sei se todos seguem esta supertição, mas, por via das dúvidas cuidado. 🙂

Mas porque dizem que é o mês do cachorro louco??? Porque há um índice de que as cadelas entram no cio nesta época por causa do início da mudança da temperatura. Aí os cachorros ficam loucos, brigam e se tornam raivosos na disputas pelas “cachorras”.

Também é um mês que dizem ser do desgosto pois em muitas partes do mundo coisas ruins aconteceram neste oitavo mês. No Brasil perdemos os presidentes Getúlio Vargas e Juscelino Kubitscheck  neste mês. Foi em agosto que Hitler se tornou o chefão da Alemanha. Foi em agosto que Catarina de Medice massacrou milhares de pessoas na França. No Japão Hiroshima e Nagazaki foram destruídas por bombas atômicas e por aí vai. E é tanto que nem pense em querer casar com um português nessa época que pra eles ou dá azar, ou se fica viuvo ou não acontecerá a lua de mel. Tem país que acredita até em fantasmas, bruxas e outras atividades sobrenaturais.

Mas, assim como todo dia, toda hora e todo mês, o tempo será o que você fizer dele. Eu estou entrando a mil neste mês e prometo muito conteúdo por aqui. Estou esquentando os motores ou os tambores para “quando entrar setembro e a boa nova andar nos campos”.

Inté, nos vemos por aqui.

bju e cuidado com o cachorro louco, vire a roupa do avesso…..

ENTREVISTA DA SEMANA

@ENTREVISTASHoje é dia de entrevista e nossa convidada para um rápido bate papo é a Janaina Leite, minha sócia e que eu quero que vocês a conheçam um pouco mais. Ela é super alto astral, apaixonada por música, principalmente o samba do Brasil.  Publicitária, produtora, gestora de projetos e captadora de recursos. Trabalha muito com produção na área musical mas agora está indo para caminhos mais diversos dentro da nossa cultura.

Janaina é pós graduada em Gestão Cultural; Cultura e Desenvolvimento de Mercado. Seu tema de trabalho foi muito baseado nos conceitos da Economia Criativa. Vamos agora falar com ela:

1472909_958160427535255_8523753727216126547_nQuanto tempo você trabalha na área cultural? E como foi que tudo começou?

Trabalho na área já há uns 7 anos. Desde pequena convivi com músicos dos mais variados que faziam parte das amizades da família. Acompanhava meu pai nas rodas de viola. Meu pai teve um bar, e em 2002 eu era gerente lá, e nessa época contratava os músicos que tocavam na casa. Minha primeira produção foi o Eduardo Gallotti. Nesta época já conhecia o Tião Carvalho, acabamos fazendo amizade e em 2008 fui ser produtora dele. Fiz a produção por quatro anos. E agora quero fazer mais produções, aumentar as possibilidades de trabalho na área cultural.

Recentemente você completou uma pós graduação defendendo no seu TCC o tema da Economia Criativa. Fale um pouco sobre esse trabalho:

Eu tinha acabado de voltar do Maranhão. Tinha participado da produção do Festival de Jazz em Barreirinhas a convite do Tutuca Viana, de São Luis do Maranhão. E aí acabei escolhendo este projeto como base para desenvolver a pesquisa e o conteúdo do TCC.

O projeto do Festival  envolve não só as apresentações mas também eco turismo, economia criativa, educação musical, intercâmbio, formação de público. Possui uma linguagem musical diferente. E aí, minha proposta de trabalho no TCC envolveu este projeto em uma análise pesquisando o trabalho e os resultados de todo o impacto no comercio local, artesanato, o quanto o festival ajudou a despertar o interesse das crianças, e o quanto a cidade começou a se beneficiar não só em função dos Lençóis Maranhenses mas pelo lado cultural.

É uma cidade que vive do turismo, do turismo ecológico mas que com esse projeto, o festival, além de ter ampliado o mercado do turismo, ele trouxe pessoas que começaram a freqüentar a região por causa do evento. Na época do evento a ocupação chegou até a quase 100%.

Foi um conteúdo muito rico e que me ajudou a concluir o trabalho.

E o que você poderia falar pra gente sobre esse movimento da economia criativa?

O tema, as discussões e o trabalho da Economia Criativa envolve uma séria de ações que tem criado resultados e visões mais claras sobre os trabalhadores que atuam nesta área. Esta nova visão oferece a possibilidade das pessoas sobreviverem dos próprios movimentos e ações, serem sustentáveis. Tem crescido e a cada dia poderemos aproveitar mais sobre deste movimento.

Você tem acompanhado as produções culturais no Brasil. Você acha que estamos caminhando para uma maior profissionalização?

Sim estamos no caminho. Existe uma necessidade de aumentar esse profissionalização. As pessoas a cada dia querem estar antenadas para isso. Com o erro e acerto também se aprende, mas podendo aprender antes de errar é muito melhor pois economiza tudo: tempo, dinheiro, trabalho e o desgaste emocional.

Uma amiga me perguntou que curso fazer para ser produtora. Eu não fiz curso. Fui aprendendo na tentativa e erro e depois que fui procurar os cursos e formação. Mas disse que existem vários e que deveria procurar. Acho importante ter acesso e fazer cursos para minimizar os erros e melhorar a performance. Hoje tem mais informação, mais cursos e mais atendimento. Então acho que o mercado está melhorando, crescendo, profissionalizando.

Dizem que conselho se fosse bom a gente vendia. Mas mesmo querendo vender, dê de graça um conselho para os artistas estão no mercado tentando a carreira.

Meu conselho é pra todos os profissionais da área, não só os artistas: estude, melhore, conheça o que já está sendo feito no mundo, mescle informações e culturas, inove. Mas principalmente, se movimente. O principal é o movimento. Aprimorar o que já sabemos constantemente.

Gostou? Curta e comente. Ajude também a compartilhar e divulgar, por favor e por amor, o meu blog. Eba!!! Até a próxima. 😉

Em 2016 nova edição do COSTURANDO O TURISMO DO SUL DE MINAS

image

Às vésperas de completar 20 anos o projeto “Costurando o Turismo do Sul de Minas” voltará com uma edição comemorativa em 2016.
O evento nasceu a partir da necessidade de solucionar o declínio do turismo em algumas cidades da região. Estas já tinham a vocação turística mas precisavam criar alternativas para as dificuldades da escassez. A proposta dos debates era criar à partir de uma “costura”, de uma cooperação,  circuitos variados, treinamentos, divulgação etc. Tudo isso num grande esforço conjunto realizado pelas cidades participantes.

image

Principais objetivos:
– Divulgar o Sul de Minas como pólo turístico de grande potencial.
– Desenvolver uma política de preservação ambiental.
– Iniciar uma conscientização sobre a importância econômica do turismo.
– Iniciar um trabalho de especialização de mão de obra e serviços.
– Criar produtos turísticos bem planejados e organizados.
– Levantamento e mapeamento das necessidades.
Os Seminários para Costurar o Turismo do Sul de Minas foram realizados em 04 edições e em regiões diversas.  O formato em que aconteceram foi em 03 dias com palestras variadas e muitos convidados e parcerias importantes da área.  Foi eleito um conselho para auxiliar a pontuar e organizar os trabalhos. Sempre aconteciam peças de teatro, exposições e festas temáticas paralelamente.

image

Desde o início do projeto tivemos variados parceiros:
SENAC / SEBRAE/ TURMINAS/ AMO-TE/ SELT/ ABRATURR/ AMAG/ HOTEL GLÓRIA/ AGUA MINERAL CAXAMBU/ AGUA MINERAL DE PASSA QUATRO/ ANTARCTICA BAEPENDI/ GRAFICA SÃO JOSÉ ITAMONTE/ EMBRATEL/ TELEMIG/ TV ALTEROSA/ VIDEHON PRODUTORA DE VIDEO/ GRAPH VARGINHA/ DGD RENT A CAR/ ALAGO – Associação dos Municipios do Lago de Furnas/ LAGAMAR RESORT/ CAFÉ BOM DIA/ TAM/ CEMIG/ COPASA/ GRAFICA VARGINHA EDITORA / ABIH/ SINDICATO DOS HOTEIS DE POÇOS DE CALDAS/ PREFEITURA DE CAXAMBU/ PREFEITURA  DE POÇOS DE CALDAS/ PREFEITURA DE POUSO ALEGRE/ PREFEITURA DE VARGINHA/ PREFEITURA DE BAEPENDI/ PREFEITURA DE AIURUOCA/ PREFEITURA DE LAMBARI/ PREFEITURA DE ITAMONTE/ POUSADA DO VERDE/ SINDICATO DOS HOTEIS DE SÃO LOURENÇO/ HOTEIS DE CAXAMBU/ HOTEL RECANTO DAS HORTÊNCIAS/ PARQUE HOTEL LAMBARI/ ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE PASSA QUATRO/ ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE LAMBARI/ ETC

image

Alem destes parceiros tivemos pessoas importantes que ajudaram a viabilizar o evento e principalmente auxiliar na condução dos debates:
Wanda Lacerda e Paulo Simão  – Turminas – BH
Paulo Miranda – SENAC ITAJUBÁ
Antonio Henrique Borges de Paula – SENAC BH
Ernesto Guilhenea Melgar – OMT/ Consultor
Gloria Maria Vilhena de Paiva – Consultora.

Em 2016 quando comemoramos 20 anos do evento reuniremos novamente o setor e os municípios para debater sobre o que aconteceu nestes 20 anos e apresentar novas propostas de ação. Venha fazer parte desse evento.

image

image

image

Quer saber mais mande um email no mariliadelima@gmail.com

Gostou? Curta, comente e compartilhe.